quarta-feira, 26 de agosto de 2009

O olho que tudo vê

Sabe o que eu mais gosto de postar no meu blog? É que ninguém lê e eu fico achando que um olho (na verdade, um grande olho como do Grande Irmão), lê meu blog e fica acompanhando meus processos de trabalho psíquico... Parece piração, mas quando eu estou dirigindo também acho que tem alguém atrás de mim. Calma! Não é paranóia, primeiro porque eu não acho que essa pessoa me persegue e sim, me segue.
E segundo, porque eu acho é puro voyeurismo. E sabe que dá uma sensação boa saber (ou viajar na maionese) que alguém olha tudo o que você faz? Que vc anda e a pessoa observa você andando? Eu só não acho que a pessoa tem o dom de ler meus pensamentos. Ainda bem, né? Já pensou se além de tudo eu tivesse um pé na psicose? Aí eu não seria histérica.
Vou fazer uma confissão bem íntima: até pouco tempo atrás, coisa de uns anos, eu achava que mainha era capaz de ler meus pensamentos, pois ela falava que sabia tudo o que eu pensava e eu acreditava nisso. Tinha fé mesmo.
A análise me tirou a pureza da vida e isso foi uma das grandes perdas que eu tive, pois não que eu vivesse em um castelo encantado num mundo cor-de-rosa, mas eu ainda acreditava em um mundo que hoje eu vejo que não existe, que só existia em meus castelos aéreos. Tenho saudades daquela época encantada que eu sonhava com um mundo melhor, que eu seria tudo aquilo que eu quisesse, que bastava estudar (ou trabalhar) que a coisa acontecia. É bem verdade que eu sou realmente abençoada e que tudo o que eu desejo acontece, mas não é só por mágica ou crença, é também porque tenho um pé fincado nas nuvens e o outro na vida real. Eu só desejo o que eu vejo que é possível.
Agora a história é bem outra: tenho que deixar cair o véu que encobre as minhas ilusões e deixar sair uma Lila outra que eu nem mesma conheço e estou morrendo de medo de conhecer. Mas isso é história pra outro post.

Um comentário:

Lélia Maria disse...

esse papo de ser seguida, perseguida, observada é massa. sinal que tu não se sente só. agora acreditar que mainha lia teus pensamentos, é muuuuuuuuuuuuita viagem mesmo. rsrsrsrs
parabéns pelo belo post.