sábado, 30 de julho de 2011

Vc já sentiu inveja de alguém?

Terça-feira, eu fui na casa de minha melhor amiga (apenas minhas irmãs saberão quem é, thanks God!) pegar umas roupas emprestada e morri de inveja da quantidade de roupa e sapato legal que ela tem... me senti tão péssima, não por estar com inveja, mas por não ter quase nada pra usar e entender todas as vezes quando ela dizia (tadinha, com o maior cuidado): "vc vai com esse sapato? Mas todas as vezes vc sai com ele". Nem vou colocar aqui a quantidade de sapato que eu tenho que é capaz de vc se assustar...

Me senti horrível por não ter quase nada legal pra usar, mesmo ganhado quase o dobro do salário dela...

Isso é recorrente em minha vida. Eu quase nunca compro roupa e saio quase sempre com as mesmas coisas. Não são feias ou velhas ou fora de moda. Apenas não priorizo o ato de comprar roupa e sapato em meus investimentos.

Concluí que eu preciso dar um up em meus armários e no de Gui, pois eu já reparei que o melhor amiguinho dele que vem de uma família com menos grana que eu tem muito mais brinquedo e mais roupas que ele.

Eu sou da seguinte filosofia em relação a compras: compro o que estou precisando, mas ultimamente, por estar apertada de grana, eu tenho precisado de coisas que eu não tenho dentro de casa e que tenho que sair urgente e comprar por estar precisando (e precisar em meu vocabulário é não ter mesmo).


Minha colega de trabalho favorita vive me dizendo que eu preciso me arrumar mais e eu só fui dar conta disso olhando no armário de minha amiga que é tão desligada de moda quanto eu.
 
Será que eu preciso ser mais consumista? Eu realmente estou pilhada com isso.
... postagem tem que ser na hora. Se a pessoa deixa pra depois, o motivo se esvai. E assim tem sido nestes últimos dias. Não tenho acesso a blogs no trabalho e cada dia eu chego em casa mais cansada, mais esgotada.
Estou fazendo pilates e o mínimo de exercício que eu faço me dixa muito esgotada fisicamente. Quando eu fazia natação era assim. Eu me exercitava, dormia mais de 8 horas por noite, acordava cansadíssima, recomeçava o treino e nunca, nunca estava descansada.
No pilates são três dias por semana e o dia que eu tô mais descansada é na segunda, mas terça recomeça e eu fico podre de cansada novamente. Resolvi ir ao médico ver porque o exercício me esgota tanto, pois com os outros é uma fonte de energia, renovação e vitalidade. Estou esperando o resultado e enquanto isso, vou tocando minha vidinha quase besta.
Não tenho estudado.
Devendo menos do que o último post (economizando, yes!).
Estou gorda.
Cansada.
Sem ler nada na net. Apenas as revistas disponíveis no trabalho.
Fazendo dois cursos on line chatérrimos.
Apreensiva porque vou passar 13 dias sem meu filho.
Começando a me interessar pelos homens de carne-e-osso. Normais e atingíveis.

Vou fazer um curso na capital e devo voltar "mais inteligente", quando nada, mais saudosa, com mais coisas para estudar e com mais novidades. Afinal, duas semanas com os cabeções de BSB devem servir pra alguma coisa, né?

Segue um link muito interessante de um carinha daqui de Salvador que às vezes eu vejo por aí: http://elepesdegal.blogspot.com/

sábado, 23 de julho de 2011

Dona de casa é f*, viu?
Comprei um faqueiro e um jogo de panelas decente e pretendo comprar uma panela de pressão.
kkkkkkkkk
Eu tinha uma enooorme, mas minha hermana tem uma pequena de 1,5l e eu babava. Dei a minha pra mamys. Sônia, a minha emily, não suporta e quer uma maior. Ela que me "obrigou" a comprar panela e talheres decentes. Quando eu comprar a panela dos sonhos dela, já estou me vendo comprando pratos novos. E por aí vai a lista de desejos de Sônia.


A minha só tem alguns itens:
- Moroccanoil;
- Uma bolsa e um relógio da Michael Kohrs (nova coleção, óbvio!);
- Duas calças da M. Officer;
- ... não consigo pensar em nada, pois não sou nada deslumbrada com o consumo (peninha, sabe? queria ser mais "mulherzinha" neste aspecto).

Esses dias comprei umas calcinhas e sutiãs novos, três vestidos, uma blusa no brechó aqui perto de casa e três sapatos também no brechó.

Estou usando todos os meus produtos, separei um horror de roupas pra dar, porque já estavam velhas. Peguei outras que estavam guardadas pra usar. Minhas roupas estão uma vergonha. Suportarei de cabeça erguida.

Vou viajar e presisava de roupas na estica pra fazer um curso e eu comprei apenas quatro vestidos em uma liquidação com 50% de desconto. Ficou bem caro, mas são roupas de primeira que eu posso usar do trabalho até em uma festa mais arrumada.  Um é de seda. Pense aí no arraso que eu vou ficar.

Estou tão dentro do eu orçamento que eu provavelmente poderei adiantar no final do ano umas duas ou três parcelas da casa, além de conseguir juntar uma grana.

Agora posso confessar porque já passou e eu já me restabeleci, mas NUNCA MAIS VOU COMPRAR NO VISA INTERNACIONAL. Vou guardar a grana pra pagar in cash. Verdade seja dita: quando a fatura do cartão chega e é quase o salário, eu tive vontade de chorar. Ainda bem que eu tinha uma grana na poupança.

Peguei dinheiro empresado de minhas duas poupanças (uma da psicologia e outra das urgências) e paguei a minha fatura. Me restabeleci e já tenho a grana da popança da psicologia, falta a outra. Mas tudo a seu tempo.

Vou economizar ainda mais porque em maio vou pra Orlando fazer compras pra mim e pra Gui. Como estou apertada de grana e quero aproveitar a crise nos EUA (horrível eu sou, né?) e a consequente queda dos dólares, vou economizar até no almoço (falo sério) e vou juntar uma graninha considerável pra viajar mooooooito:
- novembro: Gramado (já comecei a pagar);
- maio/2012: Orlando e Miami (falta tirar o visto);
- agosto: Europa.

Uh-hu! Mundo me aguarde!

domingo, 10 de julho de 2011

Dez dias sem internet e aqui estou eu.
Nestes dias eu pude perceber como é insuportável a vida de uma pessoa que não pode entrar na internet. Falo isso porque desde que o mundo é mundo a internet esteve ao alcance das minhas mãos e eu nunca gostei tanto assim, fora as fases de vício frenético, mas passa rapidinho.
No trampo eu não posso abrir nem email (escravidão total). Abro a revista época e o jornal O globo em cache, mas não vejo uma figura. Chatão.
Mas após longas brigas com a Oi, olha eu aqui outra vez. Oi?

Minha vida está a mesma: devendo até a alma, ansiosa e com vontade de comer até parede.
Algumas novidades:
* Estou estudando muito. A-há. Sem internet, canal fechado uma m* e os livros me gritando. Não tive escolha: me apaixonei novamente por Freud, Miller e tentando gostar de Lacan, mas tá dureza. Ô homem difícil de ler!
* Fazendo pilates e descobrindo o quanto eu estou entrevada.
* Estou fazendo esteira com Criminal Minds every day! Yes! Agora no videobb, pois o megavideo me deu um caldo desde maio.
* no período sem net, eu vi vários filmes do meu acervo, pois tenho um hábito bizarro: vou baixando filme no emule, mas só tenho vontade de ver filme on line (manias).
* meu cabelo continua de mal de mim. Vivo a base de reparador de pontas.
* Tirei várias roupas do meu armário e estou vivendo de maneira bem frugal, só com o que realmente está decente e cabe em mim. Quando eu emagrecer, vou resgatar algumas. Outras eu dei pra uma mulher que já ajudo há algum tempo. A situação dela me corta o coração: ela tem dois filhos, trabalha duro e o dinheiro mal dá pra comprar comida e pagar o aluguel. Tirei umas roupas de Gui e minha velhas e surradas e dei pra ela. Soube que ela chorou. Isso me deixou muito abalada. Resolvi ajudar o meu próximo mais proximo e sempre que posso mando uma coisinha de comer, de vestir e brinquedos pra ela e os filhos.
* Meu projeto 10 pan está a mil. Já acabei um hidratante da Victoria Secrets, duas máscaras para os cílios da avon, um sabonete esfoliante da natura, um potão de máscara capilar da Alphaparf (Rigen) e um blush pêssego da avon (lindão). Faltam ainda alguns produteenhos, mas estou usando o que tenho MESMO.
* Minha BFF se mudou para o meu bairro e agora minha vida está mais colorida.  Ter uma amiga por perto não tem preço e quando é uma das pessoas que vc mais ama no mundo, vc pode agradecer a Deus de joelho.
* Fui ao cinema após 1 ano e 10 meses e vi um filme maravilhoso: Meia-noite em Paris. Recomendo total.
* Fui ao Twist com uma nova turma de amigos e me diverti muito, muito, muito. Sair com pessoas animadas é o que há.
* Decidi não comprar nada que não esteja precisando de fato até meu aniversário (03/10), pois estou com a corda no pescoço. Sem grana total. Fiquei a tarde inteira namorando o meu orçamento e vendo o que podia cortar e a situação tá malzona. Não há mais nada para tirar, só cortando da própria carne.
*Como vou sobreviver sem minhas saídas semanais? Onde irei desopilar minhas angústias existenciais?
* Mas a psicologia está bombando em minha vida. Já ganhei uma graninha considerável a ponto de poder pagar 1 mês de análise e ter o equivalente a duas parcelas de minha Pós. Uau!
Como se diz: Deus fecha uma porta, mas abre uma janela.
* Ganhei um tênis da Misuno nº 35 e está machcando meu pé. Usei apenas duas vezes para fazer esteira. Alguém quer comprar? R$70,00 (mais frete)
É isso aí.

Nunca mais entrei nos blogs que amo, mas devagar eu atualizo minhas visitinhas, tá?