terça-feira, 21 de outubro de 2008

Fim de caso

Meu casamento acabou. É muito triste você admitir que você faz, faz e faz e sua relação acabe. Foi um choque, um soco no estômago.
Todo mundo dizia que nosso amor não foi feito pra durar: minha mãe, minhas irmãs, algumas amigas, colegas de trabalho... enfim, eu acho que só eu e OL acreditávamos em nosso amor. E Dudu. Posso apostar que Gabriel também acreditasse nisso, pois nesmo estando separados, eu engravidei e ele nos uniu novamente. E eu costumava dizer que tinha dado "um golpe de barriga" em OL. Tão linda aquela fase inicial de nosso relacionamento...
Pena que acabou. Pena mesmo.
Não tínhamos quase nada em comum, apenas ambos vivíamos com os pés nas estrelas. Ele sempre morou em castelos aéreos e eu pagava o aluguel. Morava com ele nos sonhos dele.
Nos conhecemos em Dinha, comendo acarajé e tomando todas. Eu estava mais pra lá do que pra cá quando ele se aproximou. Juro que não dei nada por ele. Mas antes de acabar a noite já estava me enroscando nos braços daquele negão lindo, de papo fácil e gostoso e com 2 metros de altura.
No início do nosso affair, eu tinha acabado de sair de um relacionamento complicado, estava com o coração partido em mil pedaços e ele só queria ficar. E eu topei.
Foi maravilhoso, muito bom o meu amor. Mas todo início é ótimo mesmo e fomos ficando, ficando, ficando um ano inteiro só de love. Até que eu comecei e me chatear com aquela conversinha mole dele e caí fora. Conheci outros e ele conheceu outras. Mas, sabe quando você encontra e não resiste? Numa dessas eu engravidei de Gabi, meu anjinho.
Enfim, Gabriel nasceu, foi pra o céu e continuamos juntos. Veio Gui. E continuamos juntos. Quando eu me preparava pra engravidar novamente, ele caiu fora. Disse que mal dava conta dele e de Gui e não queria ter outro filho.
Nosso relacionamento já estava frágil demais e não resistiu a uma terceira na história. Enfim, ele saiu de casa de mala e cuia pra casa de outra e eu fiquei só com meu filho. Fim.
Ainda me pergunto porque eu acredito em relacionamento a dois e não acredito em Papai Noel....

domingo, 10 de agosto de 2008

Lendo o blog "Meu Emagecimento"...

Estou em uma fase detestável: comendo, comendo comendo por pura compulsão. Devo ter engordado uns dois quilos (sou tão amável comigo mesma!!!). Daí, peguei meu caderno de pontos e estou lendo os blogs de emagrecimentos pra ver se fico inspirada. Preciso urgentemente retornar o bom senso. Li sobre a filosofia Skinny Gourmet no blog de Larissa e repasso um resumo das idéias básicas.
Resumindo, a filosofia de dieta alegre é a seguinte: se a comida for deliciosa e você tiver prazer com ela, não vai precisar se empapuçar. É mais importante desenvolver o gosto pela qualidade do que pela quantidade.

Para um reforço de referências nesse sentido, recomendo o site: http://skinnygourmet.blogspot.com/

quinta-feira, 31 de julho de 2008

O que acontece em seu corpo quando vc toma um refrigerante

Você acabou de beber uma lata de refrigerante:
Nos primeiros 10 minutos: 10 colheres de chá de açúcar batem no seu corpo, 100% do recomendado diariamente. Você não vomita imediatamente pelo doce extremo porque o ácido fosfórico corta o gosto.
20 minutos: O nível de açúcar em seu sangue estoura forçando um jorro de insulina. O fígado responde transformando todo o açúcar que recebe em gordura. (É muito neste momento particular.)
40 minutos: Absorção da cafeína está completa. Suas pupilas dilatam, a pressão sangüínea sobe, o fígado responde bombeando mais açúcar na corrente. Os receptores de adenosina no cérebro são bloqueados para evitar tonteiras.
45 minutos: O corpo aumenta a produção de dopamina, estimulando os centros de prazer do corpo. (Fisicamente, funciona igualzinho com heroína.)
60 minutos: O ácido fosfórico empurra cálcio, magnésio e zinco para o intestino grosso, aumentando o metabolismo. As altas doses de açúcar e outros adoçantes aumentam a excreção de cálcio na urina.61 minutos: As propriedades diuréticas da cafeína entram em ação. (Você urina.) Agora é garantido que porá para fora cálcio, magnésio e zinco os quais seus ossos precisariam.
62 minutos: Conforme a onda abaixa você sofrerá um choque de açúcar. Ficará irritadiço. Você já terá posto para fora tudo o que estava no refrigerante, mas não sem antes ter posto para fora junto coisas das quais seu organismo precisaria.

Quando o DIET engorda!

O consumo de uma latinha de refrigerante diet por dia aumenta em 34% os riscos de ocorrência da síndrome metabólica. A conclusão é de um estudo feito por médicos da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, e publicado recentemente na revista Circulation, da Associação Americana do Coração.
O refrigerante diet (light ou zero, como preferir) seria, inclusive, mais pernicioso à saúde do que a gordura saturada. Para se ter uma idéia, com a ingestão diária de dois hambúrgueres ou de uma porção de batata frita, a probabilidade de manifestação da síndrome metabólica é de 26% e 25%, respectivamente. Os pesquisadores de Minnesota acompanharam os hábitos alimentares de 9?514 homens e mulheres entre 45 e 64 anos durante quase uma década. Ao final, quase metade dos participantes eram portadores da síndrome metabólica. A maioria apresentava acúmulo de tecido adiposo na região abdominal, um dos cinco fatores de risco da doença, ao lado de pressão alta, colesterol e triglicérides alterados e glicemia elevada.
Há pelo menos três hipóteses para explicar a influência negativa do refrigerante sem açúcar. A primeira delas diz respeito a substâncias presentes em sua composição. "Suspeita-se de que essas bebidas, como o cigarro, estimulem a inflamação das paredes das artérias, o que pode deflagrar infartos e derrames", diz o médico Marcus Bolívar Malachias, diretor do departamento de hipertensão da Sociedade Brasileira de Cardiologia.
A outra suposição é de ordem comportamental. Como a bebida é sem açúcar, muita gente acaba abusando de outros alimentos mais calóricos.
A terceira hipótese sobre a relação entre refrigerante diet e síndrome metabólica foi fornecida por pesquisadores da Universidade de Purdue, também nos Estados Unidos, em artigo na revista científica Behavioral Neuroscience. Fonte: nº 224 - Personal Health http://www.personalhealth.com.br/nutrinforma.asp?nutri=224

terça-feira, 29 de julho de 2008

VAMOS AJUDAR O ABRIGO SÃO FRANCISCO (SALVADOR - BA)!!!!


ABRIGO SÃO FRANCISCO DE ASSIS, DA ABPA-BA, PRECISA DE AJUDA URGENTE!
No dia 4 de maio de ano passado estive aqui pedindo ajuda para o Abrigo São Francisco de Assis, da Associação Brasileira Protetora dos Animais - Seção Bahia, e, mais uma vez, venho através do blog Proteção dos Animais-Bahia APELAR por AJUDA.O abrigo está sofrendo mais uma crise seríssima, pelos motivos de sempre: falta de verba. Leiam um trecho do texto publicado no Jornal Correio da Bahia, dia 28.07.08:"A espevitada Perla, o pequeno Nino, a divertida Maria Roída e mais 400 cães do maior abrigo de animais de Salvador pedem socorro. A ausência de uma verba de R$15 mil, cortada há quase um ano pela prefeitura, fez com que o único refúgio mantido pela Associação Brasileira de Proteção dos Animais (ABPA) na capital baiana, o Abrigo São Francisco de Assis, em Paripe, recusasse novas adoções. O risco de fechar as portas e colocar nas ruas quatro centenas de cachorros de uma só vez é real, mas os voluntários lutam para manter o lugar aberto, ainda que não consiga oferecer as devidas condições veterinárias e de alimentação.Há dois dias, o Correio denunciou que existem nas ruas de Salvador cerca de 60 mil cães abandonados. Desde meados de 2007, o Centro de Controle de Zoonozes (CCZ) não mais tem recolhido os bichos para castração, tratamento e transporte para os abrigos. Tudo porque o Ministério Público acatou denúncia de que o órgão vinha realizando uma verdadeira matança para exames de controle de raiva. Ainda que passasse a tratar e mandar os cães para os refúgios, não mais contaria com o São Francisco de Assis, que ultimamente só tem acolhido os casos emergenciais.Anteontem mesmo, uma vira-lata acompanhada de sete filhotes recém-nascidos foi deixada na porta da instituição. "Pegamos ela porque não teve jeito. Não vamos negar atendimento. Mas se um dono chegar e quiser deixar um cachorro aqui, não teremos condições". O Abrigo São Francisco de Assis chegou a receber cerca de 30 cachorros por mês, média de um animal a cada dia. A falta da verba, admitem os diretores, se deve por culpa da antiga comissão que administrava o lugar. "Eles não prestavam conta à prefeitura como deveriam. Agora, o Ministério Público determinou que uma nova diretoria fosse formada. Esperamos que a prefeitura retorne com a verba", diz a diretora provisória da instituição, Lourdes de Oliveira.Uma das voluntárias mais atuantes do abrigo, Ivana Ribeiro, afirma que a instituição não tem condições de se manter sem o dinheiro do poder público. "A prefeitura é responsável pela saúde pública. Precisamos que se agilize o processo que nos dá de volta a verba". Até mesmo o maior objetivo do abrigo, as adoções, são cada vez mais raras. Talvez porque alguns bichos apresentem doenças como sarnas e dermatites."
A história, portanto, é a mesma: não há remédios, não há assistência veterinária, não há sequer alimento para os animais continuarem lutando por suas vidas. Não há funcionários, e a violência urbana, segundo relatos, chegou ao interior do abrigo, com furtos constantes, sendo inclusive 1 cachorro morto com tiros de arma de fogo. A SITUAÇÃO É CALAMITOSA.
E como você pode ajudar? Eis as formas:
1. Doações em dinheiro – DEPOSITE qualquer quantia no Banco Bradesco, Agência 3557-2, Conta Poupança 503091-9 - desta forma, a ajuda de pessoas não só de Salvador, mas também de outros estados é facilitada. A ajuda em dinheiro é importantíssima, pois um dos diferenciais desta nova crise do abrigo, inclusive, é a falta de funcionários;
2. Material humano – o abrigo precisa de voluntários para dar banho nos animais, catar pulgas e, sobretudo, carrapatos, etc, para dar, simplesmente, carinho; precisa de veterinários...
3. Patrocínio – ajude os animais, e vincule seu nome com uma causa do bem!
4. Com doação de ração para cães e gatos, em saco ou latinha - não se envergonhe em doar 1kg de ração. Com um quilo de alimento você já ajuda a matar a fome de alguns animais;5. Com material de limpeza – desinfetante, pano de chão, vassoura... Qualquer produto de limpeza. Os animais precisam viver em local higienizado, de forma a não alastrar ainda mais as doenças;
6. Com material de construção - para a feitura de canis, e um ambulatório. Doe telas para os gatis.7. Medicamentos e materias médicos – os animais precisam muito de remédios. A maior parte dos animais do abrigo tem algum problema de saúde. Com o devido tratamento, as doenças dificilmente se alastram.
Eis uma lista de medicamentos que podem ser doados:AcepranAgropenÁgua oxigenadaÁlcoolAlgodãoAtadura CrepomAtropinaBulverminCefaloxina (Rilexine/ Lexim)DermoleneDesflanDexa CituneurinDoxiclina (Doxy / Doxifin)EquipoEscalpe 21 e 23EsparadrapoEstomorgil (2 e 10 )FlotrilGanadolGazeGlicopanHemolitanIodo povidineIvomec / SupramecKetofenLuvas de procedimentoMeticorten 5 e 20 mgOrganoneurocerebralPentacilinPlasil injetávelProbióticoQuadridermQuetaminaRinger com lactatoSabonete para sarna (Tiuran /Sarnasol spray)Seringas de 1 , 3 e 5 mlSoro CinoglobulimSoro fisiológicoSoro glicosadoSpray mata bicheiraTriatox/BovitrazVermífugos –Drontal/Lopatol/vermikil Plus/Petzi PlusXilazinaFLORAL 10% INJETÁVELBANAMINE PET INJETÁVELBACTROSINAÉTER
8. Jornais usados e toalhas – alguns animais doentes precisam ficar encima de jornais diante da falta de leitos. Jornais também são utilizados para a proteção do chão. As toalhas sevem para enxugar os animais após o banho;
9. Tosa – sim, tosa! Os animais peludos têm que ser tosados, para diminuir a incidência de pulgas e carrapatos, por questão de higiene, e para ficarem “bonitos”, com maiores chances de serem adotados;
10. Divulgue o abrigo, seus animais e suas necessidades – mande email para seus amigos com este texto ou seu link (http://animaisbahia.blogspot.com/2008/07/abrigo-so-francisco-de-assis-da-abpa-ba.html), ou converse com as pessoas;
11. ADOTE – dê um lar para um desses animais. Há vários, certamente você encontrará um para o seu perfil de vida.
O telefone para maiores informações é o (71) 8763-2562 - Lurdinha
AJUDE. NÃO FAÇA COM QUE OS ANIMAIS DO ABRIGO DA ABPA SOFRAM EM VIRTUDE DA OMISSÃO HUMANA.

quinta-feira, 17 de julho de 2008

contar calorias e anotá-las em um diario faz EMAGRECER!!!!!

Pesquisa americana foi patrocinada por seguradora que queria reduzir gastos com clientes.Método de anotações permite monitoração mais precisa dos nutrientes ingeridos em dieta.
Segundo uma seguradora de saúde da Costa Oeste americana, a manutenção de um diário com os alimentos consumidos diariamente aumenta a perda de peso de quem está fazendo dieta.
O estudo sobre dietas foi apoiado pelo governo americano e acompanha os participantes desde 2002, avaliando a quantidade de quilos perdidos e as estratégias utilizadas. Os grupos de participantes foram estimulados a seguir uma dieta saudável para o coração, rica em frutas e vegetais e baixo conteúdo de gorduras. Além da dieta, os participantes recebiam apoio psicológico e faziam sessões de exercícios físicos diários.
Após seis meses de dieta, a perda média de peso foi de 4,5 kg. Já os participantes que anotavam o que consumiam perderam o dobro disso e suas perdas se mantiveram por mais tempo. Segundo os pesquisadores, o simples ato de anotar a dieta consumida ajuda manter o controle da quantidade de calorias de cada dia. Esses valores de perda de peso são mais do que suficientes para que um indivíduo diminua seus níveis de pressão arterial e o seu perfil de risco cardiovascular melhore consideravelmente. Em tempos de obesidade como epidemia e complicações cardiovasculares e diabetes como conseqüência, a busca por soluções simples é tentadora. Como esse trabalho e a prática de outros métodos já haviam comprovado, só existe um segredo para se perder peso. É a dieta equilibrada e constante. Aí entra o diário como mecanismo de controle, bem como os exercícios e, se necessário, o apoio psicológico.

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Estou voltando aos poucos

# Estou de volta aos pouquinhos, pois estava saturando de só pensar em emagrecer.
Não sei como é com vcs, mas eu estava pensado apenas em pontos, calorias perdidas, gramas perdidas e coisas do gênero.
# Estava meio neurótica quando comia algo fora do protocolo e me sentia muito culpada, então resolvi dar um tempo do blog pra viver a vida real, pois a impressão que eu tenho é que todas conseguem manter a boca fechada menos eu.
# além do que estava fazendo um projeto de pesquisa sobre Obesidade e já não tolerava ouvir falar sobre o tema...
#Estou voltando aos poucos com uma nova proposta: vou aumentar o meu ponto de vista e vou falar sobre as coisas que me interessam de uma maneira geral.
# Estou com o mesmo peso e continuo fazendo 1 hora de esteira cinco dias na semana e controlando a alimentação, mas sabe que eu enchi de escrever aqui toda vez que eu passo da linha?
# Estou de férias da faculade, estou estagiando e estudando muitão. Estou sem empregada e cuidando de tudo e me saindo muito bem.
#Por enquanto é só.

domingo, 1 de junho de 2008

... SENHAS

Eu não gosto do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Eu não gosto de bons modos
Não gosto
Eu aguento até rigores
Eu não tenho pena dos traídos
Eu hospedo infratores e banidos
Eu respeito conveniências
Eu não ligo pra conchavos
Eu suporto aparências
Eu não gosto de maus tratos
Mas o que eu não gosto é do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Eu não gosto de bons modos
Não gosto
Eu aguento até os modernos
E seus segundos cadernos
Eu aguento até os caretas
E suas verdades perfeitas
O que eu não gosto é do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Eu não gosto de bons modos
Não gosto
Eu aguento até os estetas
Eu não julgo a competência
Eu não ligo para etiqueta
Eu aplaudo rebeldias
Eu respeito tiranias
Eu compreendo piedades
Eu não condeno mentiras
Eu não condeno vaidades
Não gosto
Eu gosto dos que têm fome
Dos que morrem de vontade
Dos que secam de desejo
Dos que ardem…
Adriana Calcanhotto

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Os 10 passos para o peso saudável

"1. Comer frutas e verduras variadas, pelo menos duas vezes por dia;
2. Consumir feijão pelo menos quatro vezes por semana;
3. Evitar alimentos gordurosos como carnes gordas, salgadinhos e frituras;
4. Retirar a gordura aparente das carnes e a pele do frango;
5. Nunca pular refeições: fazer três refeições e um lanche por dia. No lanche escolher uma fruta;
6. Evitar refrigerantes e salgadinhos de pacote;
7. Fazer as refeições com calma e nunca na frente da televisão;
8. Aumentar a sua atividade física diária. Ser ativo é se movimentar. Evitar ficar parado, você
pode fazer isto em qualquer lugar;
9. Subir escadas ao invés de usar o elevador, caminhar sempre que possível e não passar
longos períodos sentado assistindo à TV;
10. Acumular trinta minutos de atividade física todos os dias." Min. da Saúde

Os sete primeiros passos estão relacionados à dieta e os três últimos ao incentivo a se
ter uma vida mais ativa. Se fosse só isso seria tão bom, né? Mas que serve como um norte, isso é verdade. Inté.

domingo, 18 de maio de 2008

É triste, mas é pesquisa científica...

"Tal qual hábitos alimentares e exercícios físicos, tratamentos para a obesidade são uma opção para eliminar os quilos em excesso. Dietas hipocalóricas é uma das formas de promover a utilização das reservas de energia em tecido adiposo e tem como conseqüência a redução do peso corporal. E mesmo sem a dieta, o exercício físico pode tanto induzir à perda de peso, quanto prevenir o ganho de peso, auxiliando na manutenção do peso em longo prazo. Salienta-se que a realização de atividade física regular constitui um dos componentes mais importantes do tratamento, uma vez que promove, após o emagrecimento, a manutenção do peso corporal em longo prazo.
Quanto ao tratamento medicamentoso, a perda de peso pode corresponder a 10-15% do peso inicial, contudo ao suspenderem o remédio, comumente as pessoas obesas voltam a engordar, pois não há mudanças no estilo de vida em conjunto com o tratamento realizado.
Torna-se perceptível que, na grande maioria dos tratamentos da obesidade, os indivíduos não conseguem manter o peso perdido; muitos pacientes voltam a ganham de 35% a 50% de seu peso perdido um ano após o tratamento. Alguns autores propõem como manutenção de peso perdido a longo prazo a perda intencional de peso de pelo menos 10% do peso corporal inicial e mantê-lo por pelo menos um ano.
Sabe-se que a perda de peso se consegue com dificuldade e o reganho de peso é uma realidade; assim, cada vez mais, há tratamentos para obesidade. Porém, muitos dos indivíduos não conseguirão atingir sua meta de perda de peso e, mesmo que consigam, estima-se que grande parte irá reganhar o peso perdido dentro de três a cinco anos.
Sabe-se que a perda de peso se consegue com dificuldade e o reganho de peso é uma realidade; assim, cada vez mais, há tratamentos para obesidade. Esse reganho de peso não prejudica apenas a estética e a auto-estima da pessoa, pois deteriora sua qualidade de vida." Adaptação minha.

Ficha Técnica:
Souza, Noa Pereira Prada de
Evolução da obesidade da infância até a vida adulta entre mulheres da fila de espera para a cirurgia bariátrica pelo Sistema Único de Saúde. / Noa Pereira Prada de Souza. – Araraquara, 2007.
160 f.
Dissertação (Mestrado) – Universidade Estadual Paulista. “Júlio de Mesquita Filho”. Faculdade de Ciências Farmacêuticas. Programa de Pós Graduação em Alimentos e Nutrição
Orientador: Maria Rita Marques de Oliveira . 1.Obesidade mórbida. 2.Cirurgia bariátrica. 3.História de vida. 4.Atividade física. I.Oliveira, Maria Rita Marques de orient. II. Título.

P.S.: tem disponível para acesso no domínio público.

terça-feira, 13 de maio de 2008

O que eu aprendi nestes 140 dias

# Aprendi que fazer dieta não é passar fome.
# Descobri que comia errado e muito mais do que era necessário pra me alimentar.
# Percebi que emagrecer não é tão complicado como eu pensava e que o que serve pra mim não necessariamente serve pra outra pessoa.
# Descobri principalmente que perder peso é fazer dieta e fazer exercícios e que omar remédio, suplemento, isso ou aquilo de nada adianta no final das contas.
# Dieta é forever MESMO.
# Tenho visto a duras penas que minha perda de peso é discreta, mas contínua e que essas dietas que fazem perder muito peso de uma única vez não funcionam comigo.
# Aprendi a gostar de malhar, de me exercitar e de fazer esteira.
# Não me irrito tanto quando falam que estou gorda, pois eu sei que não estou deixando levar.
# Tomei o rumo da minha dieta, de minha atividade física, de minha vida.
# Conheci muita gente legal, pessoas que fazem da dieta um lema de vida e outras que são verdadeiramente obsecadas com as calorias ingeridas.
# Conheci a dieta dos pontos e ela tem me feito repensar o valor da alimentação.
# Aprendi a respeitar as diferenças e a ver que apesar de estar acima do peso, posso ser linda, me amar e me valoizar.
# Estou processando lidar com minha nova imagem corporal e a aceitar que para entrar em minhas roupas antigas vai me custar um esforço um pouco maior e mais tempo.
# Estou aprendendo a conviver com meus 57 Kg. Poderia estar um pouco mais magra, mas poderia também fechar mais a boca.
#Enfim, estou querendo dar um tempo de postar meus resultados aqui e ver no meu dia-a-dia da dieta dos pontos como eu vou me sair.
# Gostaria de agradecer a todas vocês pelo apoio recebido e dizer que vou continuar vindo aqui, não com tanta frequência... Mas vou postar minhas vitórias e descompassos com a minha luta com a balança quando nada mensalmente.
# Vou continuar visitando todas vocês, mas preciso fechar este ciclo.
# Obrigada por vocês terem me ajudado a perder 7 Kg. Agora só faltam mais 7.
# Por enquanto é isso.

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Depois da tempestade...

... vem a bonança, né? Pois é. Estou em uma fase ótima, super bem, apesar de muito material pra estudar e muito trabalho acumulado. Mas sou da teoria que quando estamos bem internamente isso reflete em nossa vida como um todo. Só uma coisa anda me preocupando: não tenho dado muita atenção a meu filho, o que me abate um monte.
Estou muito feliz com meus resultados na dieta dos pontos, pois tenho me alimentado menos, mas estou consumindo alimentos mais saudáveis e com mais qualidade. Minhas roupas que o digam. Estou usando peças que não estavam caindo bem...
Estou muito feliz.
Fim de papo.

sexta-feira, 25 de abril de 2008

"Mas há a vida que é para ser intensamente vivida, há o amor.
Que tem que ser vivido até a última gota. Sem nenhum medo."
Clarice Lispector

Houve um tempo em minha vida que eu tinha mais coragem de enfrentar as coisas.
Houve um tempo em minha vida que eu tinha mais coragem de me entregar.
Houve um tempo em minha vida que eu tinha mais coragem de amar.
Houve um tempo em minha vida que eu tinha mais coragem de sentir medo.
Cadê aquela eu?
Por que nem palavras eu tô encontrando pra falar de meus sentimentos?
Houve um tempo em minha vida que eu não chorava.
Hoje ao menos eu tenho as minhas lágrimas. (E Gui)

segunda-feira, 21 de abril de 2008

Preferências

1. O que mais ama: minha família
2.Cantor de preferência: Zeca Baleiro
3.Minha jóia preciosa: Gui
4.Cantora: Adriana Calcanhoto
5.Prato favorito: feijão preto
Indicação: todas as amigas que passarem por aqui.

sábado, 19 de abril de 2008

DIETA DOS PONTOS

* Constatei uma coisa: quase 100% dos blogs falam na dieta dos pontos e eu nunca tinha atentado para o que ela se referia. Logo de cara foi um banho de água fria: minha dieta tem muito mais caloria do que eu imaginava e olhe que não são aquelas que ficam "escondidas" no rótulo dos produtos. Elas estão ali em minha cara o tempo inteiro e eu não as via.
* Constatei outra coisa: antes tarde do que nunca.
* Passei essa semana quase toda antotando tudo o que eu comia e vi o motivo de eu não emagrecer: são mais de 1200 calorias em um dia. Quase uma bomba diária.
* Descobri que a minha alimentação estava toda errada pelo simples motivo que eu não atentava para as calorias do alimento e apesar de comer pouco, comia errado.
* Decidi mudar minha estratégia para a dieta dos pontos e a partir de hoje eu vou consumir 1080 calorias diárias anotadas ipsi literis em um caderno só para esse fim.
* Só não consegue quem desiste e que não tem coragem pra mudar.
* Eliana, obrigada pelo selinho fofo que vc me deu.
* Vou responder os questionários que estão rolando na blogosfera light. Quem sabe assim me animo, pois ando numa tristeza só.
* Amigas, conto mais do que nunca com o apoio de vcs, pois estou em uma fase muito difícil de minha dieta e sei que vou emagrecer, mas preciso de muita força.

domingo, 13 de abril de 2008

Vou desencanar

Estava eu conversando com uma amigona (amo muito vc, viu, Juli) quando eu decidi que emagrecer é importante, mas viver na angústia, na pressão do emagrecimento, no "fantasma" do voltar a engordar não é nada saudável e nem bom pra o processo em si.
Mas, como desencanar? Eu ainda não sei, só sei que é preciso fazê-lo, pois tenho me consumido com cada graminha a mais que eu NÃO PERCO. E dizer que estou fazendo uma dieta severa é mentira, pois na quarta mesmo eu comi duas fatias de pizza e uma fatia foi de gula.
Eu preciso parar de me cobrar, mas eu tenho realmente me empenhado na RA; feito 1 hora, 1 hora e 20 minutos de esteira e cama elástica e não tenho perdido nada, nem um grama. Mas verdade seja dita: tb não tenho engordado.
Gente: perder peso pra mim é muito difícil! Lembro do que Larissa foi no blog dela sobre as mentiras que falamos pra nós mesmos e preciso reparar onde estou me sabotando. Isso de longe é o que mais me faz sofrer, pois nem eu mesma consigo descobrir onde estou mentindo pra mim mesma.
Repito aqui que quando entro nos blogues e vejo as meninas perdendo até quilos por semana eu tenho vontade de me surrar de raiva por não conseguir e sinto uma inveja danada do metabolismo delas (digo metabolismo, pois sei que foi duro o processo...).
Vou desencanar, mas vou comer menos pra me ajudar. Já tem 8 dias que eu não trisco um doce na boca. Essa semana eu vou comer apenas cinco biscoitos de gergelim por dia e comer apenas uma fatia de pão integral pela manhã.
Vou anotar TUDO o que eu comer.
Eu ando com uma ansiedade que parece até TPM, mas não é e não tô conseguindo associar ao que está me deixando tão eufórica............... É uma m**** mesmo!
Bom é isso. Tenho prova na quinta e não estudei nada e não foi por falta de tempo, foi falta de coragem.

segunda-feira, 7 de abril de 2008

No words!

Esse final de semana foi uma jacada só de sexta a noite até o domingo meio-dia: comi muitão a ponto de ter me pesado sexta a noite e deu 59, 2kg. Engoli a seco a minha gula. No domingo pela manhã fui tirar a prova dos nove e estava com 58kg. Será que um xixizinho e o nº 2 pesam tanto? Mas, o que importa é que o estrago foi APENAS 1 quilo. Fiz uma promessa conjunta com minha irmã em não comer doce (apenas acúcar e barra de cereal sem chocolate) até o São João pra dar uma regulada e vou voltar pra minha dieta prescrita por Dra. Carla. Muitas mágoas, dor de cabeça, mas sem lamentações, pois vivi o momento. Quer ver quando eu realmente morro de vergonha? Quando entro no blog de vcs e vejo o quanto vcs se comportaram... Me sinto um lixo, fraca, sem determinação. Mas bola pra frente, né? Como eu já sei, RA é pra vida toda.

quarta-feira, 2 de abril de 2008

Mentiras tão sinceras

Eu estava lendo o blog da Sara/Larissa (www.meuemagrecimento.blogger.com.br) e ela é sempre tão sensacional com as suas colocações que não entendo o motivo de tantas pessoas não gostarem do seu blog. Pois eu amo e estou aqui dando meu testemunho. Como ontem foi dia da mentira e só hoje tive tempo pra postar, aqui vai uma listinha "empresada" da Larissa sobre as mentiras tão pequenas que eu conto (-ava):
- Sou muito ansiosa;
- Não consigo me controlar;
- Minha família não colabora;
- Em casa não dá;
- Tenho estrutura grande;
- É a genética;
- Tenho tendência a engordar;
- Já tentei de tudo;
- Não consegui resistir;
- Não tenho tempo para comer algo saudável;
- Eu corto tudo e não emagreço;
- Não teve jeito, tive que comer besteira na rua;
- Se eu deixar aí, vai para o lixo. Então vou comer;
- Não pude resistir, afinal de contas estava numa festa;
- Disfunção hormonal;
Ela não incluiu "falta de vergonha na cara", mas em meu caso o único item que realmente me define é esse. Eu nem acho que eu sou tão dissimulada a ponto de dar uma dessas desculpas esfarrapadas acima, mas aqui entre nós, eu já tive fases de pensar bem baixinho algumas delas, mas quando eu acordava do devaneio, eu percebia que o que me faltava era a velha e boa vergonha nas fuças.
Bom, comprei a bolsa grande, estou carregando minha marmita light básica e a água pra cima e pra baixo pra não ser obrigada a mentir pra mim mesma no alto de meus 6 anos de psicanálise. Mas ainda estou cometendo alguns deslizes inconfessáveis, como comer três fatias de pizza A NOITE. Ui! Doeu, né? Hoje pra rebater, eu comi um pedaço de dois centímetros cúbicos (!!!) de tapioca (claro que não foi a da CPI dos cartões corporativos), mas na hora eu tive vontade de ser bulímica, Deus me livre! Ah! Comi um inofensivo brigadeiro que não me caiu bem (falsa! hipócrita! sem veronha!). Ao menos uma boa novidade: estou na red zone!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

sábado, 29 de março de 2008

Crônica de uma semana mal vivida

@ Semaninha atípica esta, viu? Não fiz esteira um dia sequer e nem estudei como gostaria.
@Não comi direito nenhum dia, pois troquei de bolsa e a atual não cabe nem o básico do básico e o resultado disso foi que não tomei água e nem lanchei pela manhã. Levei uma banana pra faculdade, mas quando fui pegar já era.
@ Se só fosse isso... QUASE todos esses dias eu comi um lanche daqueles proibidos por decreto pra quem está em dieta (saltenha dois dias e pastel de forno em outro). Decepecionante. Mas foi muito pior: só almoçei um dia e não lanchei nenhum dia durante a tarde.
@ Ontem eu comi torta de chocolate no almoço e três pãezinhos umas duas horas depois e quando cheguei em casa eu fechei o ciclo com chave de ouro: traçei três bifes FRITOS que estavam na geladeira. E sem esquentar.
@ Como toda ação há uma reação, eu estou com 57,55Kg. E cheguei a conclusão que Deus é um bom pai no final das contas.
@ Mas, como eu tinha dito, fechei um ciclo, pois hoje eu acordei mais consciente e mais light. Tomei meu shake velho de guerra. E estou preparando um almoço bem dentro da minha rotina: arroz integral, feijão preto, abóbora, verdurinha e peixe ao vapor.
@ Meu humor estava péssimo, não consegui me concentrar em nada e para completar minha menstruação não desceu ainda. Estou clamando por ela pra ver se esta tensão toda vai embora e me dá uma trégua.
@ Aliás, uma trégua é tudo o que eu preciso pra voltar com todo pique pra minha rotina. Tem gente que acha rotina uma saco, pois sabe que eu adoro? Adoro fazer tudo sempre igual. Tomo meu shake, lancho, almoço e como sempre as mesmas coisas por uns três meses, depois percebo que não está funcionando mais e aí eu mudo de tática, mas não porque eu enjoei. Sou estranha, né?
@ Estou sentido ares de rotina se aproximando, pois vou comprar uma bolsa grande hoje a tarde e vou voltar a carregar meu kit de sobrevivência a partir de segunda. Pegeui uns livros pra estudar, baixei uns artigos na scielo, mas meu PC pifou e perdi vários textos... É o mal da vida moderna, né?
@ Quero deixar claro que esta semana serei uma pessoa melhor comigo mesma e com minha dieta e conseqüentemente isso refletirá ao meu redor. Até o próximo post!!!

segunda-feira, 24 de março de 2008

Tô triste!!

*Oi! Passei aqui pra dizer que nunca mais postei, pois estou sem novidades, além do que estou meio tristinha... Não é nada de sério, apenas TPM, mas sabe quando as coisas estão cinza?
* No feriado, eu jaquei total: fiz farra na quarta, na quinta, na sexta e no sábado. Já imaginou, né? Cerveja, comida e chocolate.
*Acontece que eu tenho um superego maior que a minha gula: fiz esteira todos esses dias e não engordei um grama (mas tb não saí dos 57KG).
* Não estudei nadica de nada e nem li uma linha esses dias todos. Hoje acordei com ressaca moral e quando cheguei na facul, quase choro de remorso e culpa pela minha esbórnia.
* Mas, enfim, viver é isso, né? Se permitir inclusive quebrar a cara total. Essa semana terei que estudar MESMO pra tirar o atraso.
* Tô fazendo dieta legal, mas a esteira... Tão chato fazer exercício! Aliás, chato é começar, pois uns trinta minutos depois fica legal.
* Mesmo sem postar, eu tenho entrado em alguns blogs e inclusive eu atualizei os links abaixo. Ainda faltam alguns, mas agora é uma questão de tempo. Engraçadinha! Teve tanto tempo e ficou de pernas pro ar! UMF!

domingo, 16 de março de 2008

Balanço da semana

* Esta semana foi corrida e eu mal tive tempo de entrar no meu blog e de fazer as minhas visitinhas nos blogs afins.
* RA OK, tentando manter a alimentação em ordem, sem excessos e sem sofrimento.
* Fiz menos exercícios físicos esta semana que na passada. Será que eu não vou pegar o fio da meada e seguir em frente?
* Estudei bastante essa semana, mas passei o final de semanda quase todo debruçada no tema de minha pesquisa deste semestre: obesidade mórbida e cirurgia bariátrica.
* Minha irmã veio me visitar este final de semana e foi bem legal, pois conversamos, saímos, comemos na medida do possível (???), mas eu comi sobremesa e tomei dois copos de coca-cola(!!!). Preciso confessar: comi pão branco ontem e hoje pela manhã. Pronto falei e estou até me sentindo mais leve.
* Quase que eu não assisti TV (nem LOST, eu desisti de assistir o seriado pela Globo).
* Fora as leituras da faculdade, não de li nada de proveitoso.
* Trabalhei muito e dormi pouco.
* Estou menos insegura em relação ao processo de emagrecimento, pois já consegui "internalizar" que dieta é uma posição que se assume pra vida inteira e não se trata de algo temporário. O que mais tenho lido é que o emagrecimento é mais fácil do que a manutenção de um peso magro e que se a pessoa não se implicar no processo, ou seja, fazer RA e exercícios físicos o resto da vida, ela volta ao peso inicial depois de um certo tempo.
* O que ainda me consome é descobrir o meu timing e levá-lo adiante, pois se reeducar na mesa e fazer exercícios é muito pessoal: o que funciona pra uns não funciona pra todos.
* Eu e meu maridinho discutimos feio no sábado pela manha por causa... da comida do cachorro! Eu posso com tantos hormônios? TPM à vista!
* A homenagem de hoje é pra Juliana Feitosa, uma amiguinha que está de aniversário hoje. Ju é uma fofa que teve uma linda menininha o ano passado, prova de que quando se deseja tudo é possível, mesmo que o que se quer seja remar contra a correnteza dos sonhos de nossos pais. Elas estão morando em Brasília, pois Ju agora trabalha na AGU. Ju, eu te adoro, linda!

quarta-feira, 12 de março de 2008

57Kg!!!!!

*Estou com 57Kg! Que tal? A cada dia que passa eu vou ficando mais fininha...
*Roupas que não cabiam em mim já estão ficando legais;
*RA OK, mas nem tudo são flores, pois desde domingo que eu não subo na esteira, pois meu filhote está elétrico e "me coloca pra dormir" toda noite; é certo que eu acordo por volta da meia-noite pra assistir LOST, mas estou tão cansada que não tenho coragem.
* Preciso ter mais força de vontade, né?
* Eu tenho visitado vários blogs e tenho lido a respeito de fazer RA e de comer de tudo um pouco. Comigo funciona assim: se eu comer de tudo, eu não perco peso, pois parece que a coisa não engrena, então eu prefiro reduzir as calorias de uma maneira geral e não como frituras, pão, massas, doces e nem tomo refrigerante ou suco com açúcar. Minha alimentação é bem regradinha no dia-a-dia e quando eu saio da dieta geralmente é por um bom motivo (sendo que no outro dia eu aperto ainda mais o cerco);
* Ultimamente eu tenho repetido a minha frase do ano: aprendi o limite de meu estômago e não como (ou bebo) um ml a mais, por mais comida que tenha em meu prato, pois é muito bom ter controle de sua vida, principalmente quando se trata de ter saúde e boa forma.
* quero deixar claro que eu sei que a obesidade é um problema multifatorial e que não se emagrece apenas com determinação e boa vontade, sei também que é através da alimentação que descontamos muitas de nossas angústias e frustrações, mas sei que aliado a um tratamento com vários especialistas, é preciso de ter um mínimo de conhecimento de seu comportamento alimentar pra não colocar tudo a perder.
* Hoje é aniversário de minha sogra querida e aqui estou confraternizando: já comi uma fatia de torta e um pedaço de empanada. Esse é o meu limite.
* Obrigada pelas visitas. Eu visito vários blogs, mas ultimamente estou sem tempo de comentar os vários posts interessantes. Com calma eu vou atualizando, OK?

domingo, 9 de março de 2008

Balanço da semana

*Apesar de entrar no blog pra fazer as visitinhas aos blogs afins, eu não tenho postado, pois não estou com muita novidade. Mas gostei de fazer um balanço semanal de minhas venturas e desventuras.
*Esta semana foi barra, pois estava em crise pessoal com as minhas escolhas na vida. Quem não passou por isso ainda? Mas já resolvi em parte o que me consumia.
* Não estudei uma linha até sexta, pois sábado acordei com vontade de devorar o mundo e assim o fiz: revirei minhas caixas (todos os meus livros, apostilas e papéis estão em caixas por causa da reforma) e peguei tudo o que eu precisava ter lido desde janeiro (!!!!). Antes tarde do que nunca, né?
* Fiz minha RA direitinho e eliminei mais um quilinho: 58kg!!
* Fiquei sem assistir TV, exceto LOST, a semana inteirinha.
* Fiz esteira segunda, terça, sexta e sábado. Pretendo fazer hoje ainda.
* Não briguei com meu maridinho nenhuma vez!
* Meus gatinhos-netos vão embora hoje. Que alívio, meu Deus! Viver às voltas com tanto gato espalhado pela casa é um tormento. As minhas princesas serão esterilizadas ainda este mês.
* Vou a Feira de Santana hoje ao aniversário de meu cunhado e vai rolar muita comida. Só que eu sou uma pessoa educada, controlada e vou me portar com uma verdadeira dama light à mesa e vou comer até onde eu realmente perceber que não é gula. Depois eu conto.
* Não jaquei um dia sequer esta semana; até pra pizzaria eu fui e comi apenas 1 1/2 fatia. Estou realmente sabendo o limite de meu estômago e SÓ agora eu entendo quando lia em alguns blogs falando que não aguentava comer tanto, apesar de ter tido gula. Parabéns, Lília! Vc está em RA!
* Hoje é o aniversário de um grande amigo meu de longas datas (não vou dizer que é mais de 10 anos pra não parecer que eu tô velha...), e que eu tenho um grande respeito, admiração e confesso que morro de ciúmes dele com os milhões de outros amigos que eu sei que ele tem. Acontece que vez ou outra ele declara amor à nossa amizade e apesar de trabalharmos no mesmo lugar e quase nunca nos vermos, nós nos amamos muito. Ele diz que eu completo ele e sou a "psicóloga" dele. Cláudio, eu sou mais que isso, sou sou sua face feminina, meu amor!
p.s.: meu marido morrrrrrrrre de ciúmes dele.

terça-feira, 4 de março de 2008

***

* Ontem eu fiz 60 minutos de esteira! Yes!!!
* Tenho me alimentado direitinho e seguido minha RA à risca, mas hoje à noite é a despedida de uma grande amiga que já está prometida há alguns dias. Ocorre que será em uma creperia e por mais que eu não queira ir, ela é uma amiga muito querida e não entenderia se eu não comparecesse (estou sem vontade mesmo, tô meio down, em red zone, então tô borocochô).
* Comerei um crepezinho bem light.
* Aconteceu um fato comigo que gostaria de relatar aqui: dia desses eu fui almoçar em um restaurante a quilo desses que vc come muitão e só paga um preço fixo. Eu coloquei apenas o que eu costumo comer no restaurante natural que eu frequento, mas é impressionante como o sabor do alimento fica diferente com todo aquele tempero industrializado... Eu tenho pensado muito sobre isso, pois eu não me acostumo mais a comer uma grande quantidade e meu paladar está mais seletivo. Bom, né?
* Estou quase morrendo com o calor que está fazendo aqui em Salvador.

domingo, 2 de março de 2008

Fim de semana feliz

* Fiz 60 minutos de esteira! Iup!!!!
* Não estudei nada...
* Minha TPM acabou e eu não briguei com meu marido um minuto sequer. Isso é uma vitória.
* Só comi brigadeiro na quarta à tarde. Dieta firme e forte. Resultado satisfatório.
* Não assisti TV o final de semana;
* Uma grande amiga da dança me ligou agora a noite pra atualizar a conversa e ela vai casar e morar em uma cidadezinha da Itália. Fiquei muito feliz, pois ela é bacharel em Direito, mas não gosta da área e lá ela terá a oportunidade de fazer o que gosta (trabalhar em seu próprio negócio, uma loja de conveniências). Desde que ela fazia faculdade que ela queria morar na Europa, foi uma estudante erasmus e passeando pela Europa conheceu o seu grande amor. É isso aí Fernanda. Sucesso em sua vida.

Oops!!

* Sexta eu saí com uma amiga da faculdade e comemos um acarajé com umas cervejinhas. Se não bastasse, lá pelas tantas, eu disse a célebre frase de quando estou em águas: estou com fome... Comemos calabresa com farofa. Deus me livre e me liberte de tantas calorias!

*Vani, a antiga babá de meu filhote veio aqui em casa e está magérrima. Eu perguntei a ela qual o segredo e ela disse que emagreceu pensando na vida e nos cachos dela. Tô f***, pois o que eu penso não é brincadeira e sem falar no trabalho que OL me dá... Saudades de vc, Vani.

*Sábado eu me controlei ao máximo e inclusive fiz bastante tarefas domésticas, o que me ajudou a queimar algumas calorias extras. À noite, eu fui ao shopping com OL e Gui e andamos um monte (menos calorias, oba!), mas Ol estava com desejo de comer no chinês... Resultado: algumas calorias a mais.

*Não fiz esteira ontem, pois minha labuta foi enorme e cheguei cansada demais. Hoje acordei cedo achando que iria pra esteira; coloquei a roupa e o tênis e quando ia ligar a esteira, quem acorda? Gui! Deixei pra depois e fui ser mãe.

*Ontem, fuçando uns sites sobre emagrecimento, eu descobri que para a minha idade, peso e altura e metabolismo, a quantidade de calorias que devo consumir é 1051 por dia.

*Até agora não estudei nada, mas também não vi televisão.

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Confissões

* Minhas aulas começaram esta segunda e ao contrário do que eu havia falado, de cara eu AMEI algumas matérias; não vou dizer que gostei de todas, pois seria hipocrisia minha, mas sei que vou me dedidar a todas elas com igual intensidade. Fiquei encantada com Psicopatologia III (matéria do 7º que eu peguei pra adiantar meu curso e formar loguinho), pois a ementa é nada mais nada menos que psicossomática e obesidade, exatamente o que eu estou disposta a focar este ano;

*A reforma aqui em casa tá a todo vapor; quando eu penso que eu vou ter uma trégua, meu maridinho compra mais uns sacos de cimento e tome-lhe poeira adentro;

* Não tenho nem mais uma caneta pra levar pra UFBA, pois não encontro nada, nada, nada aqui em casa. Saudades de Vani que era uma verdadeira babá minha e de Gui. A minha atual "cuidadora do lar", mal dá um espirro sem que eu autorize. Geralmente eu chego em casa e ainda tenho que organizar as atividades do dia, pois ela (apesar de ser um amor) não tem atitude. Eu sou tão paciente... Nite: ela não sabe onde guardou o livro que tu me emprestou e que eu leio toda noite (COMO ASSIM?). Sou tolerante também...

* Meu Gui está um fofo! Levei ele hoje pra o médico e ele tá ótimo, apesar de o pezinho não ter a cava pra andar legal, então tenho que marcar um ortopedista infantil pra resolver este probleminha, mas é besteira e nada que uma bota ortopédica não resolva;

*Tem gente que gosta e não perde novela, BBB, etc. Eu não perco LOST e começou a terceira temporada na Globo esta semana. RISOS. Brincadeira, né? Meu semestre já tá bombando (7 disciplinas) e eu fico acordada até às duas da matina, pois Lost termina exatamente este horário. Vício é fogo. Prometo que quando a reforma acabar, coloco uma TV fecahada aqui em casa e estes probleminhas básicos acabam.

*Eu estou há cinco dias sem brigar com meu amor. Isso merece uma comemoração.

* Fui na Dra. Carla Ferner esta quarta e ela prescreveu a minha fórmula resultante do exame do cabelo. Pode cair da cadeira, pois eu até agora estou com o queixo caído: o valor de apenas uma das medicações é R$944,59. Parece conto de fadas, né? Falei hoje com minha analista e ela questionou que eu procuro é sarna pra me coçar e que se eu JÁ sabia que era caro e fora da minha realidade, pra que eu fui lá? Boa.

*Pior: já mandei manipular... Serve pra 2 meses e se estou fazendo um tratamento, eu preciso apostar que vai dar certo, concorda? O bom é que ganhei 20% e vou dividir em 4 vezes no cartão. Como diz meu maridinho: mas um dia vai ter que pagar, né?

*Estou me alimentando direitinho e quanto ao exercício físico, eu faço 45 minutos "quase" todos os dias, mas a minha médica fofa acha pouro e quer que eu faça no mínimo 1 hora todos os dias. E quer que eu durma no mínimo 6 horas por noite (não posso descontar nos finais de semana) e não me estressar ... Prescrições fáceis de serem seguidas que dá até dó.

*não tenho postado, pois estou um pouco deprê com o calor que tá fazendo aqui. O calor realmente mexe com meu humor e quem já esteve em São Lázaro (onde tenho aula) entende do que eu tô falando, pois até meus batons derretem. Hoje não fui trabalhar, pois levei Gui no médico e passei muito mal com o calor. Ainda bem que está chovendo horrores.

*Não posso mentir que estou pegando fogo de calor, já estou pensando que pode ser algum problema hormonal.

Inté.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008



Eu achei essa piadinha tão parecida com a minha realidade que resolvi copiar do blog da Andréa Aoki... Só tem uma coisa diferente: não vou cortar os pulsos. Pensou que eu iria dizer que tava mais magra, né? Risos.

Balanço da semana

Dieta: segui direitinho, com ressalvas, claro. Não consegui tomar o suco de melancia todos os dias, pois enjoei e troquei o chá verde pelas cápsulas (menos indigesto). Só não sei se o efeito é o mesmo. Me pesei terça na médica e deu 59Kg. Amanhã minha fórmula estará pronta.
Exercícios: fiz o mínimo do mínimo possível: três dias de esteira, 45 minutos cada.
Trabalho: quinta-feira terminou minha substituição na 17ª Vara e sexta foi a minha folga no trabalho, mas não fui à praia nem fiquei de frozô: eu fui na Sefaz resolver umas pendências com o meu IPTU que veio no nome do antigo propritário e fui na Receita Federal pegar minha isenção pra comprar meu carrinho. Fui no shopping fazer minha fórmula e novos óculos.
Leituras: ZERO. Processo serve? Então tô bem na fita, pois o que li de pe(s)tição...
Televisão: não assisti nem BBB... Tô quase desmamando.
Maternagem: essa parte foi a melhor; eu e Gui estamos cada dia mais afinados. Sabe quando duas pessoas se entendem pelo olhar? Ele parou até de riscar as paredes.
Casamento: uma semana e eu só bati uma DR com Ol. Isso está quase um mar de rosas. Pena pra ele que minha TPM está quase na área.
UFBA: amanhã começa tudo novamente e pela 1ª vez em três anos eu não tô com a menor vontade de ir pra aula. Meu horário está tomado de segunda a sexta, das sete à uma da tarde... Vou torcer pra que minha vontade de estudar chegue.
LUTO: ontem meio por acaso eu descobri que uma pessoa muito querida que fez cursinho em 1999 pra Auditor Fiscal da Receita (colega de altos papos e altas farras) morreu dia 09/01/2008 com febre amarela. Saiu até na Istoé e eu só fiquei sabendo quando fui fuçar o orkut dele. Graco Abubakir. Uma das pessoas mais lindas que eu conheci e até agora eu estou em estado de choque. É a fragilidade da vida: a pessoa morre com uma doença que está erradicada, em uma área urbana, na capital federal (!!!!!) e depois de quatro dias com febre. Falaram que ele costumava alimentar uns macaquinhos que moravam nas árvores perto do apto dele e que essa poderia ser uma possível causa mortis. Fica aqui minha mensagem de pêsames e de tristeza, pois ele um fofo e uma pessoa totalmente de bem com a vida.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Exame do cabelo

Eu finalmente fui pegar meu resultado do exame do cabelo e fiquei chocada com o que eu li: tenho um metabolismo lento. Justo eu que me gabava de ser como um bebezinho, comia e logo, logo estava colocando os restos mortais esgoto a dentro.
Mas Dra. Carla me explicou que as características em mim eram a pele ressecada, predisposição a inflamações e a fungos, retenção de líquidos, dificuldade de perder peso, etc, etc. Só o cocô que está OK. Pelo menos isso, pois cocô é presente, né, Freud?
E o presente qu eu me dei foi esse tratamento ortomolecular que sabe Deus quando termina. Ô coisinha lenta... Minhas parcas roupas vãos se esgarcar e nada de eu entrar na antigas.
Também eu falei tudo o que estava me angustiando pra médica: que eu estou me sentindo feia, velha, gorda, sem vontade de levar adiante uma coisa que não surte o efeito esperado e sabe o que ela me disse? (muito fofa essa Dra. carla Ferner)que eu emagreci muito pra quem estava sem acompanhamento, que eu passei bem pelo meu niver, pelo natal, pelo ano novo e pelo carnaval com um lucro de 1, 400Kg, ou seja, perdi esses míseros 1 kilo que ela achou muito bom. Muito bom? Ela lá sabe o tanto que eu tenho me contido e quantas voltas na lua eu já dei andando na minha esteira?
Ora bolas!
Falar em esteira, tô com uma preguiça de fazer exercícios que Deus me livre e me guarde.
Inté!!!

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Eduardo Loureiro

Eu já disse em algum post antigo que este ano seria um revival de tempos mais felizes e literalmente eu tenho voltado a coisas que me fizeram felizes. Falei da dança, da proposta de ler mais, inclusive romances sem grandes pretensões, ir ao cimena em plena semana (um prazer que não há palavras pra descever) e a crônicas. Particularmente as de Eduardo Loureiro.

Há muitos anos, uns oito, eu o descobri por puro acaso em minhas eternas buscas pela internet e passei a acompanhá-lo nO Pátio e inclusive recebia um clipping diário, uma pérola em minha vida.

A vida vai, a vida vem e os clippings param de chegar; os acontecimentos diários tem um poder imenso de me afastar dos meus pequenos prazeres e lá se foram as Crônicas do Dia...

Mas como estou muito ansiosa com minha RA, eu estou procurando desopilar de formas variadas e uma delas é ler as Crônicas do Dia. Eduardo Loureiro (assim como Rubem Alves) tem o poder de me fazer chorar de tanta felicidade, de fazer tocar em pontos tão íntimos que eu sequer admitia existirem adormecidos dentro de mim. Parece que ele sempre sabe onde meu coração está...

E pra finalizar, uma frase dele que eu acabei de ler e que foi o tema de minhas análises o ano passado inteiro: "O ano que está terminando de passar foi, para mim, o ano de ouvir o coração e não julgar. Ouvir meu coração e não me julgar. Ouvir o coração do outro e não julgá-lo. Como é leve o mundo e a vida quando reduzimos o julgamento" (fonte: http://crondia.blogspot.com).

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Hello Kity!!!

Oi, galera!
Estou cheia de novidades, pois este domingo (10/02) foi o aniversário de um aninho de minha sobrinha nº 02 e o tema foi Hello Kity. Eu amei e claro que me empanturrei de comidinhas deliciosas. MODERADAMENTE, claro (se é que isso é possível...).
Eu amo a Hello Kity e a minha sobrinha teve este tema em minha homenagem e eu fiquei toda besta, óbvio.
Mas chega e blá, blá, blá e voltemos à realidade: estou participando do "desafio desistir jamais" da Lu Francesa. Mas até agora eu não pude seguir à risca todos os pontos, pois além de ter começado justamente no domingo, eu não estou seguindo religiosamente todos os passos:
"- Beber pelo menos 2 xícaras de chá verde e/ou branco por dia;
- Beber 2l de agua por dia (agua e/ou suco de fruta de natural);
- Praticar exercício físico pelo menos 4x por semana;
- Consumir 5 porções de fruta/legume por dia (5 no total, entre frutas,verduras,legumes);
- Comentar no blog do desafio pelo menos uma vez por semana, caso não haja comentário do (a) participante , o (a) mesmo (a) será eliminado (a) do desafio, a não ser que aja uma justificativa por tal motivo;".
É chato começar uma coisa pela metade... Mas eu tenho que começar de algum modo, mesmo que não seja 100%, pois afinal quem é que consegue ser 100% na vida?

P.S.: Amei todos os comentários no meu bloguinho e vcs são todas muito lindas!!! É super importante saber que posso contar com vocês. Smack!

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Resoluções nº 03

 Vou me pesar apenas 2 vezes por mês;
 Vou voltar para a minha dança do ventre;
 Vou contratar uma garota pra me ajudar nas tarefas domésticas;
 Vou dormir 7 horas por noite;
 Vou estudar mais e passar menos tempo na frente da televisão;
 Vou pagar as contas da reforma, do que falta e economizar para os móveis;

Quanto ao meu marido, só uma lavagem cerebral pra não brigar todos os dias. Brincadeirinha, mas não tanto.

Peso atual: 59Kg.
Próxima pesagem: 18/02/2008 no consultório de Dra. Carla Ferner.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Tava de boa!!!

Voltei!
Carnaval light, não tão literalmente, pois não fiz dieta nem exercícios. Eu preferi descansar e assim o fiz.
Na quinta-feira, eu fui atrás da Maga e dos Mascarados e claro que me diverti muito e pra mim foi o suficiente. Estava muito cansada, trabalhando 10 horas por dia no TRT e mais umas 2 em casa, não há corpitcho que agüente, né?
Além do mais, estava em plena TPM e quase, quase meu casamento foi pra os ares devido ao meu mau gênio, um eufemismo, lógico, pois eu estava ATACADA. Mas meu Deus é mais, meu deu um marido muito compreensivo e no outro dia, menstruação na área, ele nem sequer lembrava da Lila histérica de antes e inclusive esqueceu a partilha dos bens (até isso eu fiz, acredite).
Eu estava muito neurótica com uma série de coisas: reforma que nunca acaba, casa desarrumada, meu marido que escolhe os lugares mais alto pra colocar as coisas que ele usa (pets vazias, pratos sujos, etc.), cozinhar-lavar-passar-arrumar, meu humor estava péssimo, inchaço, as aulas vão começar no dia 25/02 e eu não li uma linha da pesquisa, outra substituição na área e eu precisando do dinheiro, a dieta, a falta de vontade de fazer esteira, dores nas costas, contas para pagar... Esse mês ta f***!

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Estou triste

Desde o início desta semana que estou triste. Eu sei que o processo de emagrecimento é demorado, que devemos pensar em metas pequenas e esperar o resultado de cada dia, devagar e sempre parece ser a frase de quem quer perder peso, mas...
... estou triste assim mesmo!
Eu sei que que não seria fácil, eu sei também que não é nada de um dia para o outro, mas parece que as minhas roupas estão todas apertadas novamente e isso é muito chato e deprimente.
Começou com o fato de eu ter engordado neste final de semana, minha mãezinha passou o final de semana comigo e foi aquela farra: 3 fatias de pizza no sábado À NOITE (!!!), almoço a la mainha no domingo e lamber as panelas no domingo à noite. IMPERDOÁVEL.
Eu não falei na minha descriçõa, mas eu não me perdôo tão facilmente assim, principalmente quando o assunto são os delizes alimentares, pois EU SEI que estou fazendo um erro, mas faço assim mesmo.
A minha ressaca moral foi tão violenta que fui parar no setor médico do meu trabalho na segunda pela tarde mortinha de dor de cabeça (arrependimento, claro!).
Lá eu me pesei e estou com 60Kg. Não poderia estar mais magrinha?
Eu mudei até minhas táticas alimentares no profile e limpei um pouco a quantidade de comida, como a do pão, do chester e do polenguinho pela manhã: agora tomo um shake mais rico em fibras e mais calórico, eu sei, mas muito mais nutritivo e segura melhor a fome.
Triste, triste, triste, mas levantar a cabeça e ir em frente.

sábado, 26 de janeiro de 2008

JACADA TOTAL!!!

Hoje eu me pesei e não acreditei: 60,55Kg!!! Como eu pude engordar tanto em tão pouco tempo? Eu sinceramente não acreditei quando vi. Mas, depois eu pensei e lembrei que tem 8 dias que eu não faço esteira, que Nite veio aqui em casa no final de semana passado e que eu não cheguei a sair da dieta, mas dei uma abusadinha básica, que eu comi um cachorro quente na quinta à noite, que eu enchi a cara de cerveja na sexta à noite e que cheguei em casa com uma larica danada e comi arroz, verdura e carne quase meia-noite. Enfim, fiz váááááárias coisas erradas e queria estar pesando quanto? 50Kg, como num passe de mágica?
Tô triste comigo mesma. Acho que por hoje é só!

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Respondendo a Nite

Eu vou adorar ler este livro, pois pelo que já vi, trata-se de uma sentada.
Mas eu não concondo quando tu diz que comendo menos ficamos sem motivação para o dia-a-dia. O que acontece é que nossa relação com o alimento é errada desde sempre e então acreditamos que comendo menos ficaremos "xoxos". Não é verdade.
Isso só ocorre quando comemos apenas açúcar e farinha refinadas, pois além de esse tipo de alimento ser calórico em excesso, são moléculas maiores e quando são degradados, decompõem em MILHARES de moléculas de açúcares menores, o que representa um pergio para o nosso organismo, pois seu excesso acumulam-se em forma de gordura e na barriga, viu? É a famosa gordura abdominal, a mais fatal.
Nite, não devemos acreditar em tudo o que lemos, sem pesquisar antes e mais: se TODO os cientistas e pesquisadores da obesidade JÁ chegaram a conclusão que comer em excesso faz mal, por que tu prefere acreditar em uma autora que nós nem sabemos se é realmente uma cientista séria?
Outo ponto: existem muitas pesquisas sobre como desacelarar o envelhecimento celular e evitar a degradação e degeneração trazida pelo tempo de vida e a ÚNICA teroria comprovada e que é certa é que a restrição alimentar e calória retocede o envelhecimento celular e físico, por consequência.
Nite, vai por mim, que só quero o teu bem: comer menos e com mais qualidade só faz bem. Alimentos naturais, integrais e que sabemos a procedência é o mais indicado. E tu me conhece e sabe que quando é pra fazer uma farra alimentar, eu faço, desde que não seja todos os dias, pois até o funcionamento do cérebro não suporta e não trabalha bem com uma alimentação cheia de gordura e carboidrato processado industrialmente.
Eu sou mais eu, então além de comer menos (sem passar fome, é claro), eu faço exercícios físicos.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Utilidade pública para emagrecimento III

Hoje pela manhã, li uma matéria que achei bastante interessante e gostaria de dividir com todos aqueles que estão lutando contra seus quilinhos em excesso. Há um lado bom, que é saber que a acupuntura não tem efeito colateral e portanto não sobrecarrega o fígado com toxinas provenientes dos medicamentos e fórmulas usados no tratamento convencional. Contudo, há também, um lado que eu não chamaria de ruim, mas não é assim tão maravilhoso como um comercial de margarina: quando paramos o tratamento, se não mudamos nossos hábitos alimentares e não fizermos exercícios físicos, engordamos tudo novament....

"A Acupuntura atua procurando restabelecer o equilíbrio perfeito das correntes elétricas do organismo. Esta técnica começou há mais de 5 mil anos na China, e hoje está muito desenvolvida, até com a utilização de equipamentos eletrônicos. O método de tratamento mais tradicional consiste em considerar a obesidade como uma conseqüência de maus hábitos alimentares, podendo ser comparado ao tabagismo. Esse método utiliza a Aurículopuntura. O tratamento de obesidade pela Aurículopuntura, consiste em implantar agulhas auriculares convencionais, presas com fita adesiva específica, que são trocadas semanalmente (o ideal é serem trocadas a cada 4 dias). Alternativamente, podemos aplicar agulhas removíveis, utilizando como auxiliar no tratamento a acupressão, que consiste na aplicação de pequenas bolinhas metálicas ou sementes, fixas por fita adesiva no pavilhão auricular. O método alternativo utiliza um conjunto de pontos do corpo, escolhidos criteriosamente, de acordo com as necessidades terapêuticas do paciente. O tratamento consiste na aplicação de agulhas removíveis em pontos específicos do corpo, de acordo com as necessidades individuais. Após essa terapia, pode ser utilizada como complemento terapêutico, a moa. Esses tratamentos devem ser realizados uma ou duas vezes por semana, de acordo com a evolução da terapia. Pessoas com tendência à obesidade podem experimentar um aumento de peso após o encerramento do tratamento com Acupuntura, devido aos seus hábitos alimentares incorretos, havendo grande chance de retornar à condição de peso inicial. Assim, todo paciente deve rever completamente seu estilo de vida, seus hábitos alimentares, a retomada à prática de exercícios físicos, prevendo ainda, a repetição do tratamento algumas vezes no ano".
Fonte: www.sitemedico.com.br

Meus resultados

Ontem fiz 30 minutos de esteira (100 calorias a menos). Eu fico feliz por ter conseguido me exercitar e fico triste em saber que apesar de meus esforços em permanecer firme e forte no meu propósito de malhar todos os dias, não resolve muito quando o que se quer é realmente enxugar a silhueta, pois é necessário perder de 300 a 500 calorias por dia se realmente se quer emargercer... É tão aversivo saber disso, pois quando eu era sedentária e "achava" que apenas fazendo dieta seria o suficiente para emagecer, eu não me preocupava com as calorias eliminadas, mas agora eu me preocupa com as calorias que eu consigo perder e também com as que eu por ventura venha a ingerir. É fogo!!!! Dá vontade de tomar uma fórmula mágica e voltar a ter meu corpitcho de 5 anos atrás (52 kg) e eu achava que eu era gorda... Às vezes eu olho meu corpo no espelho e fico pensando como eu relaxei com ele e fico péssima, pois antes de engordar, eu não tinha essa preocupação excessiva com as calorias que eu mandava ver... É por isso que é bom ter hábitos alimentares saudáveis desde sempre. Por isso também eu mudei a minha maneira de ver o alimento, pois Gui irá crescer tendo outra relação com a comida que eu não tive no meu crescimento. A vida é assim mesmo, né? É preciso perder para ganhar... Quanto ao meu peso, estou esperando minha menstruação ir embora pra me pesar, pois estou inchadona e sei que estou uns 2 kg menos do que a balança mostrará.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Piadinha pra relaxar e emagrecer sem perder o controle....

Gente! Desde que resolvi escrever em um blog, a minha mais nova mania é ler blogs alheios e estava eu trabalhando, digo, precisando trabalhar, mas sem a coragem necessária para tal quando mergulhei em um blog di-ver-ti-dís-si-mo (http://www.pinkfreud.blogger.com.br/) e vi uma piadinha sobre dietas que eu amei. Compartilho aqui com todos (se é que alguém lê o meu blog...)

"Querido Diário, hoje começo a fazer dieta. Preciso perder 8 kg. O médico aconselhou a fazer um diário, onde devo colocar minha alimentação e falar sobre o meu estado de espírito. Sinto-me de volta à adolescência, mas estou muito empolgada com tudo. Por mais que dieta seja dolorosa, quando conseguir entrar naquele vestidinho preto maravilhoso, vai ser tudo de bom.

Primeiro dia de dieta: Um queijo branco. Um copo de diet shake. Meu humor está maravilhoso. Me sinto mais leve. Uma leve dor de cabeça talvez.

Segundo dia de dieta: Uma saladinha básica. Algumas torradas e um copo de iogurte. Ainda me sinto maravilhosa. A cabeça doi um pouquinho mais forte, mas nada que uma aspirina não resolva.

Terceiro dia de dieta: Acordei no meio da madrugada com um barulho esquisito. Achei que fosse ladrão. Mas, depois de um tempo percebi que era o meu próprio estômago. Roncando de dar medo. Tomei um litro de chá. Fiquei fazendo xixi o resto da noite. Anotação: Nunca mais tomo chá de camomila.

Quarto dia de dieta: Estou começando a odiar salada. Me sinto uma vaca mascando capim. Estou meio irritada. Mas acho que é o tempo. Minha cabeça parece um tambor. Janaína comeu uma torta alemã hoje no almoço. Mas eu resisti. Anotação: Odeio Janaína.

Quinto dia de dieta: Juro por Deus que se ver mais um pedaço de queijo branco na minha frente, eu vomito! No almoço, a salada parecia rir da minha cara. Gritei com o boy hoje! E com a Janaína. Preciso me acalmar e voltar a me concentrar. Comprei uma revista com a Gisele na capa. Minha meta. Não posso perder o foco.

Sexto dia de dieta: Estou um caco. Não dormi nada essa noite. E o pouco que consegui, sonhei com um pudim de leite. Acho que mataria hoje por um brigadeiro.

Sétimo dia de dieta: Fui ao médico. Emagreci 250 gramas. Tá de sacanagem! A semana toda comendo mato. Só faltando mugir e perdi 250gramas! Ele explicou que isso é normal. Mulher demora mais emagrecer, ainda mais na minha idade. O FDP me chamou de gorda e velha! Anotação: Procurar outro médico.

Oitavo dia de dieta: Fui acordada hoje por um frango assado. Juro! Ele estava na beirada da cama, dançando can-can. Anotação: O pessoal do escritório ficou me olhando esquisito hoje, Janaína diz que é porque estou parecendo o Jack do "Iluminado".

Nono dia de dieta: Não fui trabalhar hoje. O frango assado voltou a me acordar, dançando a dança-do-ventre dessa vez. Passei o dia no sofá vendo tv. Acho que existe um complô. Todos os canais passavam receita culinária. Ensinaram a fazer Torta de morangos, salpicão e sanduíche de rocambole. Anotação: Comprar outro controle remoto, num acesso de fúria, joguei o meu pela janela.

Décimo dia de dieta: Eu odeio Gisele B.

Décimo-primeiro dia de dieta: Chutei o marido da vizinha. Gritei com o porteiro. O boy não entra mais na minha sala e as secretárias encostam na parede quando eu passo.

Décimo-segundo dia de dieta: Sopa. Anotação: Nunca mais jogo pôquer com o frango assado. Ele rouba.

Décimo-terceiro dia de dieta: A balança não se moveu. Ela não se moveu! Não perdi um mísero grama! Comecei a gargalhar. Assustado, o médico sugeriu um psicólogo. Acho que chegou a falar em psiquiatra. Será que é porque eu o ameacei com um bisturi? Anotação: Não volto mais ao médico, o frango acha que ele é um charlatão.

Décimo-quarto dia de dieta: O frango me apresentou uns amigos. A picanha é super gente boa, e a torta, embora meio enfezada, é um doce.

Décimo-quinto dia de dieta: Matei a Gisele B! Cortei ela em pedacinhos e todas as fotos de modelos magérrimas que tinha em casa. Anotação: O frango e seus amigos estão chateados comigo. Comi um pedaço do Sr. Pão. Mas foi em legítima defesa. Ele me ameaçou com um pedaço de salame.

Décimo sexto dia: Não estou mais de dieta. Aborrecida com o frango, comi ele junto com o pão.E arrematei com a torta. Ela realmente era um doce... Frase do dia:"Estou fazendo a dieta da sopa... Deu sopa eu como!
Postado por Loreleine Botelhos, em 12:06 AM, dia 11/12/2007"

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Utilidade pública para emagrecimento II

O quanto nós precisamos de exercícios para perder peso?
• Queime de 300 a 500 calorias por dia, 4 a 5 dias por semana.
• Os exercícios devem ser orientados por um profissional da área, pois o exercício queima quantidades diferentes de calorias e o peso da pessoa também influi.
• Se alimente corretamente, controlando as calorias que injere e escolhendo porções apropriadas de comidas saudáveis e de baixa-calorias.
• Uma caminhada rígida 5 vezes na semana, combinada com uma boa alimentação saudável, é o suficiente para perder peso.
Fonte: www.sitemedico.com.br
É isso aí: continuar na esteira queimando os excessos calóricos... Inté.

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Utilidade pública para emagrecimento I

20 dicas para emagrecer com alimentação e exercícios (regras básicas):
1. Nunca esqueça que o carboidrato deve fazer parte de pelo menos 60% da maioria das refeições do dia, (desjejum e almoço), pois é fonte de energia e ativador metabólico;
2. Mantenha também a ingestão de alimentos fontes de proteína em todas as refeições;
3. As frutas, verduras e legumes também devem estar presentes na maioria das refeições, para a oferta de vitaminas e minerais, perdidos com facilidade durante o exercício;
4. A boa hidratação e a adequada reposição com alimentos (sempre na primeira hora após o exercício) farão com que o músculo se recupere mais rapidamente, ganhe disposição e acelere o metabolismo, para inclusive, queimar gordura no repouso;
5. Nunca se exercite em jejum, nem deixe um intervalo maior que 4 horas da última refeição até a hora do exercício, tome inclusive água de coco ou gatorade antes, durante e após o exercício;
6. O fracionamento correto da dieta fará com que seu metabolismo aumente pelo menos 20%, com isso você pode perder gordura até mesmo sem restrição calórica;
7. Aumente o consumo de fibras, alimentos integrais (arroz, pão, lentilha, feijão), folhas, frutas com cascas comestíveis e também o bagaço, e os vegetais em geral;
8. Evite o uso de laxantes e diuréticos, pois eles promovem uma perda excessiva de líquidos, podendo assim, causar desidratação;
9. Alimentos diuréticos podem ajudá-lo a não reter líquido durante o processo de perda de peso, como erva doce, salsão, coentro, berinjela e endivias, alho, limão, noz-moscada, cebola, salsa, hortelã, abacaxi, melancia e maracujá;
10. Evite o consumo excessivo de carboidratos à noite, ou seja: massas , pães, frutas e doces. Durante a noite estamos mais próximos ao nosso metabolismo de repouso, necessitando assim, de uma menor quantidade de energia. A ingestão excessiva de carboidratos neste período proporciona um aumento das reservas de gordura, fato indesejável para as pessoas que querem perder ou manter o peso. É importante que o jantar sempre seja uma refeição menos farta que o almoço;
11. Para desfrutar dos prazeres de refeições em restaurantes, escolha sempre uma única opção (entradas, ou pratos elaborados com molhos, cremes e recheios ou bebidas alcoólicas ou sobremesas). Desta forma você não estará abandonando totalmente a dieta e com certeza não vai recuperar os quilos eliminados;
12. Mastigue bem os alimentos. Esse processo permite que a chegada do alimento ao estômago seja lenta, o que implica em maior tempo para o órgão enviar uma mensagem de saciedade para o cérebro diminuindo a vontade de comer mais, ou seja, muitas vezes o excesso.
13. Beba no mínimo 2 litros de água por dia; pois ela hidrata o corpo, ajuda na eliminação de toxinas e gorduras pelos rins e auxilia no tratamento da celulite e flacidez. Além disso, "engana" o estômago dando a sensação de saciedade;
14. Prefira os queijos brancos. O queijo é rico em proteínas e apresenta teor variado de gordura. A quantidade de gordura pode ser percebida pela cor do queijo. Quanto mais amarelo, maior é seu teor de gorduras;
15. Evite muito líquido durante as refeições. Seu excesso dilui o suco gástrico e distende as paredes do estômago sobrecarregando todo intestino e prejudicando a assimilação dos nutrientes;
16. Evite bebidas alcóolicas durante as refeições. O corpo ficará encarregado de queimar primeiro o álcool, pois este é tóxico ao organismo, enquanto isso, os demais nutrientes da dieta são armazenados nas reservas de gordura;
17. Evite o consumo de calorias vazias (doces, balas, açúcar refinado). O corpo utiliza uma parte como fonte de energia e o restante é acumulado na forma de gordura;
18. Evite o consumo de molhos à base de creme de leite ou maionese. Substitua-os por iogurte light;
19. Evite o consumo de gordura animal. Retire a pele ou gordura aparente das carnes e diminua o consumo de manteiga e ovos;
20. Dê preferência aos assados, cozidos ou grelhados. Cada vez que você frita uma carne (boi, frango ou peixe) ela ganha cerca de 35 calorias extras.
Fonte: www.sitemedico.com.br

Voltei ao trabalho!!!!

Apesar de ser uma pessoa que sabe esconder o que sente com maestria, muitas vezes eu fico chateada (engulo a seco o comentário maldoso) e sinto que sou agressiva ou ferina com a pessoa em outras ocasiões. Eu tenho uma colega de trabalho muito acima do peso e principalmente muito mais “forte” do que eu, que vive me dizendo que eu tô gorda, etc, etc. Ela não perde a oportunidade de dizer isso. Eu NUNCA falei tal coisa com ela e sou incapaz de uma indelicadeza, mas SEMPRE quando posso dou umas alfinetadas nos gostos dela... É a minha maneira de me vingar demonstrando que ela não é inteligente, culta, sensível ou mesmo eficiente como eu. E quando jogo muito pesado, eu fico péssima. Não sou perfeita mesmo.
Mas voltando à vaca fria, eu me pesei sábado dia 05/01 e fiquei chocada: estou com 60,65 kG!!! Aumentei alguns gramas e eu sei bem o porquê: eu passei algumas noites bem ansiosa e lá pela meia-noite, eu comia bolacha de maisena com nescau e iogurte (tudo misturado – uma delícia) e ficava curtindo minha fossa na frente da TV. Ontem minha menstruação chegou e agora entendo esse comportamento destrutivo, eu estava em plena TPM...
Fiz esteira esses dias todos, exceto ontem. Hoje eu compenso!

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

...ressaca moral...

Desde o dia 31/12 que eu tô com vontade de entrar e começar a relatar como está a minha dieta, mas cadê a coragem de admitir que eu PRECISO ficar light no Reveillon para não readiquirir t-u-d-o que eu perdi até aqui? Mas passaram as festas e eu não fiquei tão diet assim como eu gostaria.
Tsc-tsc.
Errar faz parte da vida. É inacreditável, mas durante todo o tempo que eu estava enchendo a cara, eu tinha consciência que eu iria me arrepender e mesmo assim, eu não parei de beber apesar de não ter comido tanto assim (se bem que o pouco que eu comi foi o suficiente mesmo, pois todo o cardápio estava muito calórico).
Resultado: ressaca moral e muito inchaço.
Mas, hoje eu acordei mais disposta e mais magra, pois ontem mesmo eu fiz esteira e parei de comer bobagem, apesar de que comi muita torrada e patê lá pela meia-noite ... Hoje eu tô mais firme em meu propósito, mais concentrada e sei que só tem uma fórmula para emagrecer: comer menos e fazer mais exercício físico. Então mãos, ops, pés à obra!