quinta-feira, 31 de março de 2011

Tem uns 13 meses que eu fui em uma cartomante. Abafa. Sei que não é nada legal colocar sua sorte nas mãos de uma pessoa desconhecida, mas vou responder o óbvio do óbvio: "estava precisando de respostas pra minha vida". Oi? Quer lugar mais comum que esse? Na verdade, eu queria saber se eu iria me apaixonar perdidamente por alguém, pois já tinha tempo que eu estava desencantada em relação aos homens.
Ela disse que era psicóloga junguiana (sic), usou um baralho egípcio, a consulta durou uma hora e poderia ser gravada. Não gravei, mas lembro de tudo.
Inicialmente, ela traçou um plano geral de minha vida e acertou tudo, pois já tinha passado. Ela acertou tudo que já tinha acontecido, mas não foi capaz de prever uma coisa sequer do futuro. Minha irmã falou que cada vez que uma pessoa põe as cartas pra vc tem validade de um ano. Eu não sabia disso. Mas neste um ano ela deixou de prever coisas muito importantes como:
- uma "amiga" (da onça) que eu gentilmente abriguei em minha casa e quase me bateu quando eu pedi pra sair após ... quase 90 dias!
- sobre dois canalhas que eu me envolvi e que me decepcionaram.
- sobre o baque que foi perder a minha equipe de trabalho de cinco maravilhosos anos de uma maneira tão mesquinha.
- sobre a minha mudança de setor e como eu iria estar satisfeita com minha nova atribuição;
- sobre minhas crisas com meu filho;
- sobre minha perda financeira.

Ela falou que eu seria uma atleta, então eu fiquei na natação mais tempo do que eu deveria e aturei por quase seis meses uma treinadora pancada que não entendia como eu não conseguia nadar de uma ponta a outra do Porto da Barra três vezes;
Ela disse que eu iria conhecer um homem que a maior cartacterística era "ajudar o outro". Fico me perguntando o quão específico é essa qualidade... mas esse não é o grande amor da minha vida. "Um amor que eu ainda não tive a oportunidade de conhecer" (sic). Esse amor imenso é pra daqui a 4 anos. Lila, aguarde e confie que neste opnto ela vai estar certa!
Disse que eu tenho uma saúde de ferro, mas aos 50 anos eu teria um probleminha de saúde fácil de se resolver.
De tudo o que ela disse uma coisa eu amei: vou vai ter tanto dinheiro, mas tanto que será difiícil pra gastar (ela não deve saber o poder de um visa internacional, tadinha). Disse que eu iria dar certo em minha profissão nova (a psicologia, mas eu sequer citei), que uma mulher mais experiente iria abrir minhas portas e que eu iria usar de muita criatividade nesta área e que eu seria uma pessoa muito conhecida e bem sucedida. Uau! Tomara Deus que ela esteja certíssima. Não é possível ganhar essa fortuna em uma ano. Vou colocar no mesmo prazo do meu grande amor.
Saúde, amor e dinheiro. Pra que mais?

sexta-feira, 25 de março de 2011

Um blog que amo: O batom de Clarice. É lá que eu fico sabendo sobre os produtinhos da Mac, sobre os batons maravilhosos que Juliana nos mostra em sua boquitcha e, principalmente, que uma mulher inteligente (ela é quase uma doutora!!!) pode ser sim muito antenada com as tendências em moda, maquiagem e todo o resto considerado fútil e vazio. Ela tem um lugar cativo em meus dias e em meu coração.
Foi lá que eu vi estes murais sobre os textos de Clarice. Queria poder falar o mesmo de Quintana que é tão devassado pela net e o atribuem tanta bobagem... Vamos, gente, prestar mais atenção antes de repassar um texto antes de pesquisar de quem realmente é. Muitas vezes são belíssimos, mas não é de uma Clarice ou de um Quintana que se trata.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Project 10 pan

Alguém já ouviu falar?
Minha internet que tá uma porcaria e só funciona quando quer (a despeito de eu ligar diariamente pra Oi Velox), ainda me permite ter acesso a coisinhas bem legais nos blogs das fashionistas e loucas por produtos de beleza e maquiagem. Dentre as coisas que li esses dias, este projeto 10 pans muito me interessou.
Li no Vende na Farmácia e no Vanity Queens sobre os 10 pans. Esse é um projeto que surgiu no Youtube pelas gringas que, atoladas de tanta maquiagem, escolheram 10 produtos para usar até o fim antes de voltar a comprar ainda mais maquiagem. A pessoa se compromete em usar seus produtos até o fim antes de comprar mais. O objetivo é usar o que tem antes de vencer.
Começou com maquiagem, mas eu tenho alguns cremes que vou incluir em minha listinha, pois não tenho tanto item assim de maquiagem que não uso. Amei e já tinha me comprometido a usar TODOS os produtos e perfumes antes de acabar meus 1001 dias. Tenho uma lista dos que estou usando agora até 23/09/2011 e dos próximos que vão entrar. Foto, só depois. Detalhe: a minha lista de 10 pan tem 11 produtos. Ei-los:

Bio redutor Natura Chronos Corpo;
Creme esfoliante para os pés Ekos castanha.
Creme nutritivo Rigen da Alfaparf;
Creme para mãos da Renew;
Gel hidratante facial da Clinique;
Máscara para cílios Super Shock da Avon;
Óleo trifásico Ekos Pitanga;
Polpa hidratante para os pés Ekos castanha;
Sabonete esfoliante Natura Faces;
Sabonete líquido esfoliante Ekos Pitanga;
Sombras da Natura Faces;

P.S.: Não consigo sair dos 60,3 kg. Nem sei mais o que fazer...

sexta-feira, 11 de março de 2011

Daqui.

domingo, 6 de março de 2011

Considerações sobre o meu controle de peso após 34 dias


Começo meus projetos com todo o gás, mas chego cansada e não consigo fazer esteira nem ler os textos. O período que eu realmente consigo estudar é na clínica esperando meus pacientes e tá muito pouco pra o que eu quero atingir de leitura e de conhecimento. A partir deste mês vai aumentar a minha carga tanto de leitura quanto de atividades, pois aqui em Salvador as coisas começam realmente após o Carnaval.
Ponto forte: consegui fazer esteira 3 vezes por semana e desço as escadas todos os dias.
Ponto fraco: estou ainda na luta pra Gui dormir no quarto dele e acordo mil vezes na noite.

Farinha de trigo branca e derivados de leite: foi tranqüilo. Só tive dificuldade com minha vida social, pois todo mundo consome trigo.
Continuar: (1) cortar de uma vez o leite e derivados (alimentos já fabricados estão fora) e (2) continuar sem comer farinha de trigo e derivados, exceto 1 vez por semana, não acumulável (pra não me tornar uma xiita).

Dieta dos pontos (22 diários + 35 pontos flex) com 5 refeições diárias: fácil, pois não sinto fome e vou dormir alimentada, mas vou fazer uns pequenos ajustes, voltando a tomar meu shake pela manhã e comendo minha proteína a noite. Acho que vou incluir um copo de suco de uva como ceia. Vou pensar.
Ponto forte: sigo o meu plano alimentar com louvor, nem na TPM tenho vontade de esbaldar.
Ponto fraco: muito café e quase nada do mix (amêndoa, azeitona, passas, castanha, nozes). Quando tomo o shake (1 fruta + 1 cl de aveia + 1 cl de linhaça + 1cl de fibras) fico cheia de gases e tenho vontade de ir ao banheiro o dia todo, mas quando tomo a noite fico pesada e não durmo bem. Resolvi tomar durante o dia, pois, apesar dos efeitos colaterais, me alimenta e eu consigo agüentar os 22 pontos sem fome.
Nova meta: comer 6 azeitonas diárias em substituição ao leite e derivados que eu excluí de minha dieta, comer 1 barrinha ou o mix e comer 3 porções de frutas por dia.

Esteira: o pior de todos, pois amo fazer de paixão, mas não tenho gás após um dia inteiro fora de casa e sem dormir direito.
Nova meta: vou carregar minha sapatinha na bolsa e vou subir segunda, quarta e sexta os 10 lances de escada até o meu setor. Vou começar este mês fazendo esteira terça, quinta, sábado e domingo para avaliar.

Quanto à minhas leituras, tenho sim que retomar o pique, pois vem muita coisa pela frente, novos projetos, mais pacientes e os dois cursos de psicanálise que eu faço vão começar semana que vem. Ah! Mamis vai pagar minha Pós! Chique, né?

Ouvindo os conselhos de meus leitores (Gildo e Léa), vou manerar um pouco comigo. Quanto à punição, vou liberar, pois não estudo ou não faço esteira porque não quero e realmente eu vou emagrecer sem sofrimento, pois não suporto mais a casa dos 60. Coloquei o pé na casa dos 50 durante uns dias e me senti tão “levinha” que quero isso pra mim sempre!!!!

Momento mastercard: terminar de assistir Criminal Minds pra começar a ver NCIS que eu amo!!! E só vejo série on line na esteira. Existe bônus melhor do que este? Só caber em um vestido bala (38) que só entrava em mim quando estava grávida de dois meses...

sábado, 5 de março de 2011

Muito legal. Do Acidez Feminina.

quinta-feira, 3 de março de 2011

Já é Carnaval, cidade! Acorda pra ver.
Começa hoje, galera!! É hoje que tem o bloco Os Mascarados, amanhã que tem a pipoca do Bloco Happy (infantil) e segunda tem o Bloquinho de Jau no Pelô. E assim acaba a minha participação no Carnaval de Salvador.
Não é porque eu não vou que eu não curto cada momento de folia, mas tudo enquadrado, protegidinha em casa no sofá, só com o controle nas mãos.
Um colega de trabalho disse que aqui no Rio Vermelho vai ter palco alternativo de rock. Se realmente rolar, eu vou abrir uma exceção em minha extensa agenda carnavalesca pra conferir o que há de bom, pois amo rock.
Fim de papo.

quarta-feira, 2 de março de 2011

Eu preciso de férias de filho. Alguém já ouviu falar disso?
Quem quiser que me critique, pois eu é que sei como tá difícil viver apenas para cuidar de um filho que não me obedece e que não me deixa nem ir no banheiro sozinha (o mínimo que uma mãe faz). Computador? Esteira? Filme (quáquáquá)? Livro? Nem lembro mais o que são essas coisas... Sério, tem 10 dias que eu tô vendo a Rede Social e ontem a noite vi 28 minutos de Bruna Surfistinha...
Tá f*, tá difícil e se me perguntarem onde estou errando e perdendo a mão eu nem sei apontar e olhe que eu sou psicóloga de criança. Bem, eu sei, mas é difícil admitir que vc fez tudo errado desde a escolha do pai. E deve ser muito mais difícil pra o filho saber que tem um pai que não tá nem aí pra ele, que a avó conta os segundos pra mãe pegar e que a mãe conta os segundos pra ele dormir e poder ser uma pessoa, além de mãe (minha imensa responsabilidade nesta história).
Gente, eu nem banho eu tomo sozinha, eu não sei mais o que é ficar com 1 hora disponível pra mim, pois são tantas coisas pra dar conta que eu nem sei por onde começar. A única coisa que eu realmente faço é limpar a cozinha e ver filmes on line. Quem sobra? Nem sei mais se sou eu ou se é o meu filho.
Mas fica aqui um conselho, se é que isso é possível: só tenha filhos se vc tiver preparada pra abrir mão de vc mesma sem esperar do homem. Pode ser que eu seja pessimista e que eu não tenha dado sorte, mas conte sempre com o imprevisto e com a pior das hipóteses. Quem falou que o exercício da maternidade é a melhor coisa do mundo no mínimo tem uma babá e/ou um marido excelente aguentando todas as pontas ou colocando as coisas em casa pra que a mãe só se dedique à cria.
E pensar que eu iria ter um filho prematuro cheio de sequelas, e que no mínimo ele seria cego... Deus protege sempre e u devo colocar meu joelho no milho e agradecer pelo meu filho lindo, perfeito, inteligente e parceiro, mas tô tão cansada, triste, vendo minha vida passar de relance e sem chances de mudança que só penso no meu próprio umbigo.
Cadê a minha análise que  não faz efeito, hein? Cadê? Será que voou ser sempre essa pessoa reclamona e chata? Juro que eu esperava mais de mim como pessoa e de meu futuro.

Fica uma música que embalou a minha juventude e que eu lembro sempre, sempre, sempre, sempre....

"A vida que me ensinaram como uma vida normal
Tinha trabalho, dinheiro, família, filhos e tal
Era tudo tão perfeito se tudo fosse só isso
Mas isso é menos do que tudo,
é menos do que eu preciso
Agora você vai embora e eu não sei o que fazer
Ninguém me explicou na escola
Ninguém vai me responder

Eu sei a hora do mundo inteiro
Mas não sei quando parar
É tanto medo de sofrimento
que eu sofro só de pensar
A quem eu devo perguntar aonde eu vou procurar
Um livro onde aprender a você não me deixar
Agora você vai embora e eu não sei o que fazer
Ninguém me explicou na escola"

A questão não é ele ter ido embora em si, é ninguém ter me ensinado a fazer com o que sobrou de tudo. Eu me vi com as mãos atadas e parece que estou assim até hoje. Será que é Gui quem vai me soltar do meu aprisionamento? Se for eu mesma, tô mais fucked que eu pensava...