quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Gentileza é tudo!!!

"O mundo é uma escola; a vida é o circo; amor palavra que liberta; já dizia o Profeta" M. Monte
Eu ando meio de saco cheio de alguns comportamentos. Até entendo que cada um está na vida como pode e que nem sempre é possível tratar as pessoas com o respeito e a dignidade que o outro merece, pois simplesmente a pessoa não sabe como fazê-lo. Mas, mesmo assim tem determinadas atitudes que eu não tolero.
Atitude pra mim é tudo. Se a pessoa não consegue lidar com o outro que simplesmente não tente ou seja franco e diga qual o seu limite. Eu duvido que quando as coisas são colocadas de maneira clara, por mais cabeçudo que o receptor seja, vai saber ouvir e quando nada ponderar. Mas eu percebo que as pessoas têm um pouco de dificuldade de reconhecer seus limites e por conta disso não sabem lidar com o limite do outro. E abusam.
Que tristeza a minha descobrir da pior maneira possível que tem homens que tem medo de se deixar perceber pelo o outro.
Eu estava pensando nisso quando eu percebi que muito do meu problema quando se trata de relacionamentos é que eu me entrego muito e não dou tempo para o outro demandar, querer ficar comigo. Além do que eu tenho uma “predisposição” pra me envolver em montagens perversas, em me colocar nas relações na posição de objeto de gozo do Outro. E o outro goza mesmo, pois eu permito. Sou uma histérica típica, com carteirinha do clube de Anna O e tudo. O meu desejo é o desejo do Outro e se esse Outro tem traços perversos e me coloca na posição de objeto, é lá que eu fico nas relações. FICAVA.
E sabe qual é a pior coisa? É eu saber que ele, assim como eu, não queria grandes envolvimentos, só leveza. Perdi(emos).
Mesmo querendo curtir uma história leve, sem grandes compromissos eu não vou fazer nada. Vou ficar parada no meu lugar. Não sei como e a que custo, pois não nego que já estive com o celular na mão pra me encalacrar novamente e não o fiz. Fazer como o AA, viver um dia de cada vez.
Mulher é foda!!! Mesmo sabendo que o homem não quer, ela fica querendo e querendo e querendo. Será que só eu que sou assim?

Nenhum comentário: