terça-feira, 16 de julho de 2013

Faz um bom tempão que eu não entro aqui por dois motivos: vício no face, que já está passando e falta de tempo.
Andei pensando muito durante algum tempo e não tem sentido eu ficar postando cada coisa que eu acho legal no face porque é uma exibição gratuita e porque todos que estão lá me conhecem, então decidi ir voltando pra este espaço aos poucos e postar o que realmente importa aqui, onde só vem quem tem vontade e não é obrigado a ver tudo o que me interessa.
Eu recomecei hj a estudar "de com força". Firme e forte. O método escolhido foi o dos ciclos, Recomecei devagar, ouvindo o vídeo de Gisele e uma música de Joss Stone que quero intensificar no decorrer da semana.
Deus me dê forças e coragem pra continuar determinada nesta minha jornada porque até o meu aniversário eu quero estar já fazendo desse horário de estudo um hábito.

Tem uma coisa que tá me deixando muito triste e que é objeto de minha análise: meu filho não está lendo ainda e eu estou atrapalhando o processo dele com minha angústia. Nem tenho palavras pra descrever como eu gostaria que ele já estivesse descobrindo o mundo das letras, das palavras, dos livros... E o pior é saber esperar o tempo do outro. Eu tô sempre me batendo com essa questão. Sempre quero que o tempo do outro seja o meu tempo, na hora que eu quero. Não dá.
E um filho serve pra isso: escancarar o que você tem de melhor e de pior.

Espero muito sinceramente que eu consiga respeitar o tempo, o espaço e os limites dele.