segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Quarta passada eu vi um filme lindo que há muito estava planejando, mas não me sobrava tempo. "Medianeras" mostra Buenos Aires e conta a história de duas pessoas que moram na mesma rua, mas não se conhecem e fala de suas desventuras amorosas. O filme é muito legal, mas o final é surpeendente. Vale a pena.

Esse final de semana eu, Gui e uma galera familiar fomos pra Morro de São Paulo. Não conhecia e amei. Só achei que as pessoas supervalorizam, pois é tudo tão caro e realmente achei que fosse "o paraíso na terra". Até a 3ª Praia, é como qualquer praia: badalação, gente magra, bronzeada (não vi muita gente bonita) e lojinhas de bujigangas. Fui até a 4ª Praia, mas percebi que é outra vibe: trata-se DO PARAÍSO. Não fomos além, mas soube que da 4ª Praia até Boipeba é tudo muito lindo. Não é alta estação, mas já dá pra sentir no bolso os preços. Mesmo fazendo planos de voltar e tal, só volto quando tiver um namorado que banque todas as despesas ou quando eu estiver mais folgada de grana e de galera. De cara, não dá. Com filho tb não. Ah! Volto de catamarã. Outro nível.

Estou novamente com amidalite e de molho em casa, ora com um febrão ora toda suada. É preciso ter muita paciência com nossas fragilidades, viu?

A escola de Gui foi pra R$880,00. Meodeus! Onde eu vou parar? Espero que em 2012, um universo paralelo de grana se abra em minha vida, nem que seja com aumento de horas trabalhads, mas bem que poderia ser um prêmio da mega sena, né? Falando nisso, quarta eu joquei no bicho pela primeira vez na minha vida. Baphão.

Só pra registrar: cada dia que passa, eu detesto gente que se acha. Vou rezar muito pra que eu ame as pessoas indistintamente cada dia mais. Só dessa forma.

Nenhum comentário: