domingo, 10 de julho de 2011

Dez dias sem internet e aqui estou eu.
Nestes dias eu pude perceber como é insuportável a vida de uma pessoa que não pode entrar na internet. Falo isso porque desde que o mundo é mundo a internet esteve ao alcance das minhas mãos e eu nunca gostei tanto assim, fora as fases de vício frenético, mas passa rapidinho.
No trampo eu não posso abrir nem email (escravidão total). Abro a revista época e o jornal O globo em cache, mas não vejo uma figura. Chatão.
Mas após longas brigas com a Oi, olha eu aqui outra vez. Oi?

Minha vida está a mesma: devendo até a alma, ansiosa e com vontade de comer até parede.
Algumas novidades:
* Estou estudando muito. A-há. Sem internet, canal fechado uma m* e os livros me gritando. Não tive escolha: me apaixonei novamente por Freud, Miller e tentando gostar de Lacan, mas tá dureza. Ô homem difícil de ler!
* Fazendo pilates e descobrindo o quanto eu estou entrevada.
* Estou fazendo esteira com Criminal Minds every day! Yes! Agora no videobb, pois o megavideo me deu um caldo desde maio.
* no período sem net, eu vi vários filmes do meu acervo, pois tenho um hábito bizarro: vou baixando filme no emule, mas só tenho vontade de ver filme on line (manias).
* meu cabelo continua de mal de mim. Vivo a base de reparador de pontas.
* Tirei várias roupas do meu armário e estou vivendo de maneira bem frugal, só com o que realmente está decente e cabe em mim. Quando eu emagrecer, vou resgatar algumas. Outras eu dei pra uma mulher que já ajudo há algum tempo. A situação dela me corta o coração: ela tem dois filhos, trabalha duro e o dinheiro mal dá pra comprar comida e pagar o aluguel. Tirei umas roupas de Gui e minha velhas e surradas e dei pra ela. Soube que ela chorou. Isso me deixou muito abalada. Resolvi ajudar o meu próximo mais proximo e sempre que posso mando uma coisinha de comer, de vestir e brinquedos pra ela e os filhos.
* Meu projeto 10 pan está a mil. Já acabei um hidratante da Victoria Secrets, duas máscaras para os cílios da avon, um sabonete esfoliante da natura, um potão de máscara capilar da Alphaparf (Rigen) e um blush pêssego da avon (lindão). Faltam ainda alguns produteenhos, mas estou usando o que tenho MESMO.
* Minha BFF se mudou para o meu bairro e agora minha vida está mais colorida.  Ter uma amiga por perto não tem preço e quando é uma das pessoas que vc mais ama no mundo, vc pode agradecer a Deus de joelho.
* Fui ao cinema após 1 ano e 10 meses e vi um filme maravilhoso: Meia-noite em Paris. Recomendo total.
* Fui ao Twist com uma nova turma de amigos e me diverti muito, muito, muito. Sair com pessoas animadas é o que há.
* Decidi não comprar nada que não esteja precisando de fato até meu aniversário (03/10), pois estou com a corda no pescoço. Sem grana total. Fiquei a tarde inteira namorando o meu orçamento e vendo o que podia cortar e a situação tá malzona. Não há mais nada para tirar, só cortando da própria carne.
*Como vou sobreviver sem minhas saídas semanais? Onde irei desopilar minhas angústias existenciais?
* Mas a psicologia está bombando em minha vida. Já ganhei uma graninha considerável a ponto de poder pagar 1 mês de análise e ter o equivalente a duas parcelas de minha Pós. Uau!
Como se diz: Deus fecha uma porta, mas abre uma janela.
* Ganhei um tênis da Misuno nº 35 e está machcando meu pé. Usei apenas duas vezes para fazer esteira. Alguém quer comprar? R$70,00 (mais frete)
É isso aí.

Nunca mais entrei nos blogs que amo, mas devagar eu atualizo minhas visitinhas, tá?

Um comentário:

juliana g. disse...

ei senhorita, só hoje vi seu comentário (de março) sobre meu blog.
obrigada, mesmo, pela carinhosa atenção.

já andei por aqui e vendo o tipo de pessoa que você é me sinto ainda mais feliz por merecer elogio.

gostei desse seu projeto de gastar tudo o que tem (de produtos, é claro) até o final. ando precisando disso também!!!

boa sorte na dieta. parabéns por ter um bom coração e ajudar aos outros. e, principalmente, boa sorte aí com as economias!

beijos grandes.