domingo, 26 de setembro de 2010

Estou passando por uma imensa angústia que achei que nunca mais passaria: qdo meu filho chegou da casa do pai foi me contando que aconteceu um coisa sinistra, perguntei o que foi e ele me contou que Tia Pati (a esposa do pai) foi comprar água pra Sofia (a filha dela) e ele procurou por ela e não achou, então ele se assustou e correu o Dique (do Tororó) atrás dela, deu voltas e não achou e se perdeu. Ela o achou perto do lixo e que um carro parou perto do pé dele. De fato, ele se perdeu e eu fiquei desesperada quando soube. Um aperto no peito, uma angústia tão grande que só quem já perdeu um filho sente. E eu já perdi um filho. Não suportaria perder outro. Estou em pânico, apesar de meu Gui estar dormindo tranquilamente em minha cama. Estou em lágrimas e desesperada.
Não desejo esse sentimento a ninguém.

2 comentários:

Belos e Malvados disse...

Ai querida, fique bem. Um beijo.

Leonardo Xavier disse...

Quando eu era menino uma vez minha irmã mais se perdeu de mim e da minha mãe. Pense num deus nos acuda. Eu acho que devem ter sido os 20 minutos mais demorados da vida da minha mãe.