segunda-feira, 9 de agosto de 2010

"Calada noite preta, noite preta!!!". Gente, há muito tempo não me divertia tanto. Eu, minha irmã e meu cunhado fomos a Noite Preta aqui em Salvador e foi um verdadeiro sucesso. Preta Gil é uma fofa, uma artista que sabe agitar a sua plateia. Minhas ressalvas são apenas para o público hétero que NÃO compareceu.
Cada vez que vou a uma festa massa que está cheia, entupida, saido pelo ladrão de homossexuais, eu me pergunto porque os gays são tão mais divertidos, sabem realmente os lugares que vão bombar e frequentam tão assiduamente. Fico pensando porque os homens héteros não são tão legais, alegres e bem dispostos com os gays.... Homens héteros parece que só gostam da mesmice, das baladinhas politicamente corretas: forró universitário, boite cheia de teens e axé. Me poupe, socorro, vou morrer solteira!
Hoje eu passei o maior perrengue com um homem mega trash que apareceu na minha vida: meu cunhado me indicou um  cidadão pra fazer um serviço pra mim e mesmo pagando, o senhor em questão me tratou como se eu fosse um capacho e como se tivesse me fazendo um favor. Eu hein? Quando desisti do serviço e pedi meu dinheiro de volta, ainda tive que ouvir sugesta. C'est la vie.

Nenhum comentário: