quarta-feira, 28 de julho de 2010

- Meu ex marido tem uma máxima: "mulher feia se acha e tira a maior onda com a sua cara". Eu ria, ria e ria, mas pude comprovar. Uma pessoa muito querida resolveu dar trela para um feiosão e baixinho, em parte porque estava a perigo. O que é o desespero feminino da faixa dos trinta e tantos. Não é que o sujeito já está tirando onda com a cara dela? Ele já está querendo "regrar" a quantidade de tempo que tem disponível pra ela. Toma! Quem mandou dar ousadia?
Faz como eu que estou na maior seca, mas não abaixo os meus critérios: gostoso, ombrão e altão. Pode até ser feio, mas tem que me carregar no colo............ aí qualquer feúra se minimiza, olhando mundo de cima tudo fica lindo. Se for moreno então, eu tô no céu (ainda tem acento?)
- Ontem, antes de tirar meu CRP, surgiu a minha primeira "proposta de emprego" em Psicologia. Gente, quero pacientes, emprego eu já tenho.
- S. querida, se nós colocarmos cocalho em quem precisa de terapia, ninguém dorme!!!

3 comentários:

Lélia Maria disse...

o problema não é namorar um belo ou um feio. o problema mesmo é não se respeitar e dar o comando da própria vida para ele ou ela.

a véia do blog disse...

Minha querida amiga...........transe,mas transe mesmo com quem te atrair. Isso faz bem pra alma e para a pele.........sei que sabe disso..............infeliz aquele(a) que se sujeita a qq porcaria............porcaria por porcaria temos "vibrador".......ué falei, e ai??? vocês tem medo,eu não..rsrsrs

Adorei o post :)

S. disse...

KKKKKKKKKKKKKK.
Eu dou liberdade demais, assumo. Ontem duas da manhã uma msg no celular: posso dormir contigo hj?
Fiz canga do santo sudário, eu sei.
Beijinhos