sexta-feira, 30 de abril de 2010

Minha vida atual está dividida em tópicos bem específicos e que não se misturam:
1) Tô tão pra baixo que nem eu mesma imaginava, pois eu crio umas expectativas tamanhas e depois eu mesma não dou conta de conviver com os pedaços que sobraram das minhas desilusões. Meu coração está partido, pois eu estava pensando em colocar a minha clínica aqui em casa, mas não vai dar. ... Isso me deixou tão pra baixo que eu nem imaginava que isso poderia mexer tanto comigo. Pensei, bolei falei com minha mãe, minha (ex) sogra e uma amiga do top delas (todas bem experientes) e elas me falaram que era uma boa. Eu pensei: "Freud colocou, D. (minha analista) colocou, por que eu não posso?"
Juro que às vezes eu fico pirada com a minha megalomania, mas essa sou eu.
Quando chamei um pedreiro para avaliar com seria e falei dos meus planos. Não dá, não do jeito que eu quero. So, meu sonho se desmoronou em mil pedacinhos. Eu vi a minha comodidade e conforto indo embora pelos meus dedos. Não descarto a possibilidade de comprar outra casa aqui no Rio Vermelho, morar e colocar a clínica no mesmo ambiente.
"Perder a privacidade" aindá é um item que eu tenho que avaliar. Mas quero trabalhar perto de casa, do tipo "ir andando de a pé".

2) O que sobrou do meu ego despedaçado, está dividido em parcelinhas abaixo:
(a) Dia 08/05 vai ter Zeca Baleiro e Jau qui em SSA. I can't believe! O show do ano com os meus dois homens preferidos. Melhor do que isso só open bar.
(b) Minhas irmãs mal têm tempo pra mim. Tô f* e mordida do próprio veneno.
(c) Tem um coleguinha da UFBA me dando o maior mole. Novinho. Eu fico pensando o que esses meninos tão novinhos vêem em mim, uma balzaca e acima do peso. Juro que não entendo. E quanto mais eu evito, nem olho pra cara, mais esses burguesinhos novinhos ficam à minha volta.
(d) Tô tão calejada, que quando desisti de sair, virei lista vip do Twist. Eu posso? É a vida mesmo: sonhei tanto em chegar lá e nem precisar de fila ... Justo agora que eu nem tô mais nesse ânimo de sair e que voltei a treinar com todo gás?
(e) A minha vida está dividida em antes e depois do emulinha. Eu tenho baixado cada filme que nem eu acredito. Tô assistinho parcelado, pois não tenho tempo pra tantas delícias que me aguardam. O Twist vai ter que me oferecer open bar e um gato de uns trinta anos pra me ver por lá. Se possível, moreno, altão e muito bem sucedido (já sei até quem é pra dar o contato pra eles)....
(...)
Ainda bem que eu tenho meu bloguinho pra desabafar, já que minhas irmãs não querem saber de mim. Falar igual a Gui: "Eu tô sozinha, sem irmãs, sem ninguém".

Um comentário:

lmssp disse...

mas é dramáááááática!!!