quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Se tem uma coisa que me deixa muito triste é saber que a mulher sofre agressão do seu companheiro e esses dias as notícias são muito piores: pelo menos umas quatro mulheres foram mortas por seus maridos ou ex-maridos.
A mulher não tem nenhum valor em nossa sociedade, pois mesmo com todos os avanços culturais, o homem continua tratando sua mulher como um objeto de posse, como se nós tivéssemos ainda no Paleolítico. E isso é deprimente, pois são pequenos desrespeitos diários tanto da parte do homem que quer impor sua "macheza" no grito quanto na falta de respeito próprio que a mulher se submete pra viver com um homem.
Claro que nem todo homem é um brutamontes. E nem toda mulher tem sua autoestima no pé. Pois eu achedito que pra uma mulher se submeter a conviver com um homem que se comporta como um animal, minimamente ela não se respeita a ponto de perceber que aquela relação é doentia. Há também o fato que muita gente prefere ficar mal acompanhada, pois tem medo da solidão.
Como é que é? Pois eu mesma conheço uma porrada de gente (homens e mulheres) que está em relacionamentos destrutivos por puro medo de ficar só. E não falo de um medo inconsciente, falo de algo verbalizado, de a pessoa falar que não sabe se terminar com fulano ou beltrana vai conhecer alguém legal, etc., etc.
Gente, o que estamos fazendo com as nossas vidas? Será que é preciso acontecer tragédias pra percebermos que antes de tudo temos que ter amor próprio? Será que ficar só com seus pensamentos e inseguranças é tão punk assim? Será que ficar dormindo e acordando com uma pessoa que não se identifique/ame/admire/respeite é não é pior?
Olhe que eu mesmo amando muito meu ex, muitas vezes eu me sentia imensamente sozinha, principalmente no meu modo de condizir a vida, pois eu acredito que viver a dois é antes de tudo saber respeitar o que o outro pensa e pra mim não tem nada pior do que vc conduzir um relacionamento com dois pensamentos tão divergentes. Imagina vivenciar um relacionamento que um tem razão e que muitas vezes o impõe no grito. Deve ser muito pior do que não ter uma outra pessoa pra fazer sexo (resumo do resumo do resumo dos relacionamentos).
Enfim, antes só do que mal acompanhada.

Nenhum comentário: