domingo, 4 de outubro de 2009

"Agiste segundo teu desejo? Pagarás. Agiste contra teu desejo? Pagarás em dobro" Lacan

Ontem eu lembrei de uma coisa que eu falei em análise e parece que estava em algum plano paralelo de meu incosnciente, pois eu não me lembrava.
De noitinha estava eu e Lé lendo meus posts antigos do blog, quando eu li a frase de Lacan e falei com Lé que eu só poderia estar pagando, pois não agia contra meu desejo. Mas inconsciente que é bom e não falha está sempre dando um jeitinho de se manifestar nas horas mais inapropriadas.
Conversa vai, conversa vem e eu começo a falar que quando me separei pedi a Deus pra colocar uma pessoa boa, compreensiva e que cuidasse do meu ex. Quando falei isso na análise, a minha dita cuja pergunta "e pra vc?, o que vc deseja?". Eu prontamente respondi que não queria mais um homem em minha vida que eu tivesse que ajudá-lo a se erguer, queria um que já tivesse estabelecido em sua profissão e que fizesse questão de mim. Bingo!!!
Caiu a ficha na hora que eu estava agindo contra meu desejo, pois para a histérica o desejo porreta é aquele que não se realiza nunca.
Estou pagando em dobro, pois fui me envolver sabendo desde sempre que a pessoa não fazia questão de mim. Aí é ladeira abaixo mes-mo.
Pois bem, presente de idade nova: retomar o meu desejo. Não só esse, mas aqueles que eu te falava ontem, Lé. Ali está a minha meta e onde eu vou marcar essa nova Lila.

Nenhum comentário: