sexta-feira, 25 de abril de 2008

"Mas há a vida que é para ser intensamente vivida, há o amor.
Que tem que ser vivido até a última gota. Sem nenhum medo."
Clarice Lispector

Houve um tempo em minha vida que eu tinha mais coragem de enfrentar as coisas.
Houve um tempo em minha vida que eu tinha mais coragem de me entregar.
Houve um tempo em minha vida que eu tinha mais coragem de amar.
Houve um tempo em minha vida que eu tinha mais coragem de sentir medo.
Cadê aquela eu?
Por que nem palavras eu tô encontrando pra falar de meus sentimentos?
Houve um tempo em minha vida que eu não chorava.
Hoje ao menos eu tenho as minhas lágrimas. (E Gui)

Um comentário:

Chris disse...

Oie!!! Lilia, não sei se estas palavras foram escritas por vc ou se vc as copiou de algum lugar... Mas, o q importa é q estas palavras são verdadeiras, pq todos nós, em algum momento, sentimos q perdemos as forças e as nossas convicções... todos nós, em dado momento, sentimos medo de tudo e de todos... isto, ao meu ver, é algo comum e q todo mundo em um determinado momento vive. Ao meu ver, amadurecemos e nos tornamos ainda mais conscientes das coisas!!!
bjs